sexta-feira, 2 de julho de 2010

Antônio Anastasia: este governo não tem palavra!!!!!!

Este é o último boletim do Sind-UTE/MG ;

mesmo atrasado ainda em tempo....


Suspensão do reposicionamento prejudicará milhares de servidores estaduais


Entenda o que é o reposicionamento


• 2004 - Foi instituído o Plano de Carreira (Lei Estadual15.293/04) cujos critérios de movimentação são a escolaridade e o tempo de serviço. A escolaridade foi utilizada automaticamente. Já o tempo de serviço foi definido que seria regulamentado em 36 meses.


2005 - Foram instituídas as tabelas do Plano de Carreira (Lei Estadual 15.784) e foi reafirmado o prazo de 36 meses para regulamentação do tempo de serviço.


2009 - As regras da utilização do tempo de serviço foram definidas com a participação dos sindicatos que representam o funcionalismo.


30/12/09 - Publicado o Decreto 45.274 que regulamentou o reposicionamento por tempo de serviço. De acordo com o Decreto, o reposicionamento seria publicado em 30/06/10 com efeitos financeiros no salário que seria recebido no 5º dia útil de agosto/10.


30/06/10– Secretaria de Planejamento e Gestão e Advocacia Geral do Estado informam que o Governo de Estado não fará nem pagará o reposicionamento em 2010.



O que o Sindicato fará??????


Haverá reunião de todas as entidades que representam o funcionalismo nesta quinta-feira, dia 01/07. O Departamento Jurídico do Sind-UTE/MG também estuda as medidas cabíveis.


Os/as trabalhadores/as em educação precisam manter o estado de alerta, conforme definido na assembleia realizada no dia 17/06.


Quem fica prejudicado com a posição do governo mesmo que o servidor não preencha o requisito de tempo de serviço para obtenção de progressão ou promoção terá direito, para fins de reposicionamento, a uma progressão.


O setor administrativo da educação tem 11 anos de reposicionamento para receber.


O magistério tem em média 7 anos (conta o tempo desde a última movimentação na carreira até 01/09/05).


Mais uma vez o Governo do Estado tenta prejudicar os servidores que têm carreira, que dedicaram sua vida funcional à escola púbica estadual. No entanto, este problema é de toda a categoria uma vez que o governo que retira o direito de um pode retirar o direito de todos.


Na última quarta-feira, 30/06, a Secretaria de Planejamento e Gestão em reunião realizada com os sindicatos que representam o funcionalismo público estadual informou que não fará o reposicionamento previsto pelo Decreto 45.274, de 30 de dezembro de 2009, e, consequentemente não efetuará o pagamento que seria em agosto de 2010.




Expediente: Sind-UTE/MG

Rua Ipiranga, nº 80 - Belo Horizonte - Minas Gerais

Fone: (31) 3481-2020 - Fax: (31) 3481-2449

Edição: Departamento de Comunicação Sind-UTE/MG

E-mail: comunicacao@sindutemg.org.br

www.sindutemg.org.br

11 comentários:

  1. será que vcs professores terão coragem de votar nesses excelentes da cupula , só se forem muito nescio ou senão bobos

    ResponderExcluir
  2. Será capaz!!!!?????
    É uma pergunta que não me cala!!!!!

    Sei que os professores que são conscientes politicamente NUNCA VOTARÃO NESTE "bando" ( desculpe a expressão!) !!!!!!

    ResponderExcluir
  3. onde esta a responsabilidade dos governantes em fazer uma lei que saberiam que era para enganar os bobos mais uma vez? que pais e este? respondam por favor.

    ResponderExcluir
  4. O reposicionamento é um direito do servidor garantido em lei. O governo deve essa medida ao servidor. Por que inventaram que não pode por causa do período eleitoral? Isso é desculpa para não pagar. é caso de polícia. Os funcionários das escolas fizeram papel de bobo, acertando os dados funcionais dos servidores "para o reposicionamento". Você perdeu meu voto Anastasia. é sua obrigação publicar as promoções, progressões e o reposicionamento por tempo de serviço.

    ResponderExcluir
  5. Só no Brasil acontece isso!É brincadeira!Acontece porque o povo é "BOBO""Fraco". Já é hora de tomarmos uma atitude mais severa contra essa TURMA !Sem responsabilidade,injustos!Dinheiro só no bolso deles..A eleição está chegando , vamos dar o troco NELES !!Reposicionamento já era lei. Lei não é p ser cumprida ?

    ResponderExcluir
  6. Amigos, é muita injustiça tudo isto que estamos passando... Mas justiça será feita com fé em Deus e nossa luta.
    aqui em Minas Lei é só para o povo cumprir,
    Governo não... Aliás, só acontece isto na Educação. Estou esperando para ver a atitude do nosso Sindicato,mas não estou vendo alternativa a não ser uma greve geral e bem organizada para o próximo ano não podemos PERDER TANTO E FICARMOS SÓ ASSISTINDO, afinal de contas somos os artistas principais desta PEÇA!!! Nunca vi UM GOVERNINHO TÃO MESQUINHO,HIPÓCRITA, MENTIROSO E... COMO ESTE!!!! MAS ELE VAI TER O QUE MERECE E NÓS TEMOS QUE CONTINUARMOS UNIDOS!

    QUERO MEUS DIREITOS TAMBÉM!!!!PODE SER POUCO MAS SE É DIREITO EU QUERO!!!!

    ResponderExcluir
  7. Anastasia
    Veja em que encrenca você se meteu. No dia 30 de junho deveria ter publicado o reposicionamento como estava previsto, mas não, foi publicar decreto para prejudicar o pobre do aposentado que trabalhou uma vida inteira para o estado e aí deu no que deu. Você tem idéia de quantos votos perdeu com isso? Tente corrigir a besteira que fez, caso contrário pode se considerar derrotado.

    ResponderExcluir
  8. O funcionalismo público precisa se unir neste momento e trabalhar contra este governo que tanto menosprezou esta classe .É hora de dar o troco .
    Chega de Anastasia e Aécio.
    É hora de mudança.

    ResponderExcluir
  9. e o reposicionamentp errado de 25 anos com avaliação de desempenho 100 vai para letra Peb 4 c co varios cursos de especialização e graduação e pôs eu sou maria silva schettini

    ResponderExcluir
  10. estamos nos mobilizando porque mendigo nÕ PODE ELEGER MAGNATAS PROFESSORES SÃO MENDIGOS DISFARÇADOS EM SEM TERRA

    ResponderExcluir
  11. MARIA DA CONCEIÇÃO18 de setembro de 2010 16:26

    AINDA DESCONTAM ir NA ESMOLA DOS MENDIGODS PROFESSORES

    ResponderExcluir