quinta-feira, 9 de junho de 2011

A categoria me chama para a luta...






...e eu não posso me acovardar!!!!

Infelizmente, o governo estadual conseguiu dividir a categoria mas, como eu ainda acredito na educação como instrumento de formação de um cidadão crítico, participativo, consciente de seu papel na sociedade terei que ensinar pelo exemplo.

"Estou em luta com a minha categoria pelo cumprimento de uma lei Federal e nada mais do que isto."

Tenho a convicção que educamos muito mais pelo exemplo do que pela fala.

Sempre falo para meu aluno:
eu cobro responsabilidade de você porque sou responsável,

eu cobro pontualidade de você porque sou pontual e

várias outras situações....

Como vou encarar meu aluno diante de uma situação como esta onde a maioria apoia o movimento e eu não? Sendo que eu também apoio??? Também quero meus direitos de volta!!!!

Repito: a luta é pelo cumprimento de uma LEI!!!

Já diziam ... 'Faça o que falo mas não faça o que faço." Esta frase não se aplica a mim.

Na educação, não adianta ensinar SIMPLESMENTE com a fala,o discurso,temos que dar o exemplo. o EXEMPLO NÃO É A MELHOR MANEIRA, É A ÚNICA.

Como eu terei coragem de falar para meu aluno, meu filho em cidadania se eu não sou uma cidadã?

Como ensinar para meu aluno, meu filho, que ele deve lutar por seus direitos, deste que ele esteja certo, se no momento de eu exemplificar esta minha fala eu recuo, me acovardo, finjo que não está acontecendo nada???


Realmente, e graças a Deus, cheguei em um momento de minha vida que mais vale a pena lutar e talvez perder mas perder lutando... do que não fazer nada.

O governo já me roubou , confiscou...

*os biênios e eu não pude fazer nada...

*Já me roubou os quinquênios e novamente não pude fazer nada a não ser lamentar.

*Já me roubou a carreira.. e eu lutei até onde pude (isto ano passado).

Agora que estou amparada por uma LEI FEDERAL, não posso ser omissa e falar que não tenho como lutar. Agora é que estamos com a faca e o queijo nas mãos,. pois a lei está a nosso favor.

PORTANTO...

VAMOS A LUTA MAIS UMA VEZ!!!!













COMENTÁRIOS:

***Maura disse...

Você está certíssima, concordo com tudo que vc disse e não penso diferente, mas por enquanto ainda vou aghuardar mais um pouco. Minha posição ainda não está definida, mas sei também que tenho deveres com os professores ao retornarem da greve e também com os que não puderam participar. Não é só isso, eu ainda estou aguardando mais um pouco - Coisa minha. Espero que vc possa compreender, mesmo sem muitos esclarecimentos. Gostaria de encontrar um recurso realmente eficaz, mas ainda não sei o Quê? Pensei que se todos os sindicatos e associações se unissem(SIND-UTI,PPMG,AMI,AMISP)poderia fazer mais pressão.É só uma idéia.
Um grande abraço


Maura

Cristina Costa disse...

Obrigada Maura pela visita, palavras e opiniões!!

Maura, aceito sua opinião e todos os colegas que ainda não aderiram ao movimento mas confesso, que não consigo entender. Se nossa categoria fosse realmente unida os resultados viriam com certeza mas rápidos.
Obrigada pela visita e suas considerações.



***Anônimo disse...

Excelente,acabei de descobrir esse blog e vou tornar leitora assíduo.Força a todos nós guerreiros da educação.Para encararmos um governo FORA DA LEI, QUE PIOR AINDA SE DIZ PROFESSOR DE DIREITO,temos que ser grandes combatentes.




José Alfredo Junqueira disse...

Muito bom,parabéns.Mas,a maioria dos nossos colegas "não são educadores de verdade".Problema deles.




***Anônimo disse...

Cristina;
PARABÉNS PELA BRILHANTE FALA!!!

Aos amigos, tudo; aos inimigos, a lei.
governador, nós somos seus inimigos!





***Sebastião disse...

A greve é para os guereiros, é para aqueles que sabem de seus valores, da sua competência, do seu potencial, cobra reconhecimento e valorização do seu trabalho como educador. A greve não é para os medrosos, não é para aqueles que estão no magistério por falta de opção, não é para aqueles que querem usufruir das conquistas dos corajosos.
Sebastião de oliveira ( Carangola)





*** disse...

Olá!
É isso mesmo, estamos sendo injustiçados há bastante tempo e agora mais do que nunca temos a lei a nosso favor. Belas fotos do nosso movimento!



***Santuza disse...

Cristina,
Mais uma vez estamos na rua exigindo nossos direitos. Conte comigo.Este ano haveremos de conseguir o êxito, que há tanto tempo estamos lutando.Precisamos mostrar a estes burocratas de colarinho branco que educação se faz na prática e que é investimento para o país.Já acabaram com o que idealizamos ser educação. Agora querem acabar com o que resta de dignidade do profissional da educação.
Força amiga. Coragem .
Abraços
Santuza


***Fernanda disse...

Concordo com a luta de vocês mas não aceito que me chamem de covarde pois não estou na luta por motivos maiores e pessoais que me impedem de estar. Fico triste pois não sou e nunca fui covarde!

***Cristina Costa disse...

Fernanda,minha amiga, aceito sua opinião. Não leve para o lado pessoal.Não quero dividi ainda mais a categoria, pois o governo já conseguiu isto.
Não me refiro à pessoa covarde, mas sim a uma atitude de covardia. Aceito sua opinião apesar de não conseguir entender... Pois se nossa categoria fosse mais unida, se fosse uma adesão geral, talvez conseguíssemos os resultados de nossa luta mais rápidos. Mas... Cada um tem seus problemas pessoais e isto impede a união da categoria. Mas vamos ver o que conseguimos alcançar para todos nós nesta batalha que não vai ser fácil.Gostaria sim de ver todos unidos no mesmo ideal. Um se apoiando no outro mas se no momento isto não é possível, vamos fazer o que está ao nosso alcance respeitando sempre a opinião do colega.
Um grande abraço e agradeço suas palavras e sua visita.


***Cristina Costa disse...

Caros companheiros agradeço as visitas,as palavras de incentivo que enriquecem as postagens...
Aceito a opinião de todos, apesar de infelizmente não consegui entender porque não unirmos as forças para enfrentar este fora da Lei: O GOVERNO DE MINAS E MUITOS PELO PAÍS A FORA. Gostaria de ver o governo FEDERAL fazer valer a lei maior. Mas... ele finge que não está acontecendo nada... Fazer o quê??? Não temos outra forma de mostrar a nossa insatisfação e de lutar a não ser com GREVE, não inventaram outra forma de manifestação que surta efeito. Pelo que sei da história de nossa carreira, toadas as conquistas foram alcançadas com greve, infelizmente.

Caro colega Sebastião de Carangola, você conseguiu traduzir em palavras muitos sentimentos que ficam remoendo dentro de mim. Obrigada amigo e companheiro.A propósito como está o movimento ai na sua região??



***Uma mãe disse...

Cristina, estou totalmente a favor sim da luta de voces.Sou mae de aluno e vejo como voces sofrem para cuidar das nossas criancas e passar um pouco do conhecimento que adquiriram em anos na faculdade. Descordo totalmente desses professores que nao aderiram o movimento, pois, o que voces conseguirem sera valido para eles tbm. Mesmo que tenham esta desculpa de problemas financeiros e pessoais como vi um depoimento acima, essa pessoa tbm se valera do direito adquirido pela luta de voces. Portanto acho um ato covarde sim quem nao aderiu ao movimento. Sou mae e dou apoio total ao movimento de todos mesmo sabendo que meu filho podera ser prejudicado, mas sabendo que ele sabera tbm lutar pelos direitos dele qdo crescer.Abracos e boa sorte a todos


***Cristina Costa disse...

Muito obrigada mãe. Você sabe que a opinião dos pais é muito importante para nós em luta.
Porque em nenhum momento estamos contra a educação nem contra nossos alunos.
Estamos apenas reivindicando um direito nosso e a única forma de nos fazermos ser ouvidos é este, infelizmente.
Mais uma vez muito obrigada pelo apoio.
Apesar de estar no anonimato tenho certeza que deve ser uma das mães que estão presentes na escola e acompanham a educação dos filhos.
Um grande abraço!



***Anônimo disse...

Dona Cristina,

fico triste em ver que vocês alem de lutar contra o governador também tem que lutar com alguns colegas professores...

Sua aluna que te adora mas não pode identificar.
Um abraço dona.



OH, minha querida aluna, obrigada pelo carinho.

***


Mas nós, não estamos lutando contra nossos colegas, não.Apenas temos visões diferentes. Cada um tem o seu livre arbítrio.

Eu adoro vocês também!!!
Espero que tudo se resolva rápido para voltar logo as aulas.

Um abração





Anônimo disse...

Parece que seu recado foi dado justamente para os professores da escola em que trabalho. Estou com vergonha da postura deles diante do movimento. Estão trbalhando mormalmente com se nada estivesse acontecendo,estou levando todos os dias as novidades, mas alguns continuam conversando, demonstrando total desinteresse. Já tenho 30 anos de magistério, e sei que, infelizmente, nossas conquistas foram todas com muita luta. Mas hoje me sinto impotente diante de colegas egoistas,covardes e alienados que não exergam um palmo após o nariz. Por causa desses profissionais, nossos direitos são usurpados.



***Cristina Costa disse...

Cara companheira anônima, nós que temos mais tempo de casa fomos os que mais perdemos. Mas temos que mostrar para os novos, que eles irão perder a médio prazo. Careira não existe no subsídio.
A minha escola está dividida. Tem mais de 50% parados mas alguns infelizmente não aderiram ao movimento ,mas eu tenho esperança que eles amadureçam as ideias e se juntem a nós. Porque com o movimento fortalecido temos mais chances de alcançarmos nossos objetivos mais rápido. Um abraço e não desista da luta. Alguém tem que levantar a bandeira na escola. Quem sabe é você???Pense nisto.
Um abraço.


***Anônimo disse...

Olá Cristina,
sou aluna e posso te garantir, que as aulas estão muito sem graça sem as suas brincadeiras, sorrisos e ensinamentos.
Espero que dê tudo certo no movimento.Sei que todos nós(alunos, professores, etc.) iremos,por um lado ficar prejudicados.Mas vocês, se Deus quiser, vão obter resultados e estando mais motivados com as "recompensas", irão dar aulas com mais motivação, e com isso também seremos beneficiados.
Um abraço de muita boa sorte.
Sua aluno, que te gosta muito.


***Cristina Costa disse...

Obrigada pelo carinho QUERIDO(A)aluno(a),vocês tiveram aulas normais??? Como foi??? Teve 50% +1 aluno? Senão não poderá ser considerado dia letivo, viu???
Muito obrigada pelas palavras carinhosas.
Infelizmente vcs estão nesta situação. Realmente eu não quero prejudicá-los. Como já disse em toadas as salas: quero os meus direitos, quero o cumprimento da Lei, só isto.

Obrigada pela força!!! E um beijão.
Aparece por aqui sempre assim ficará por dentro das negociações.



***Anônimo disse...

Dona Cristina estamos com vocês.
Turma Diamantina





***Anônimo disse...

mcris, alguns professores ainda estão trabalhando sera que termos que pagar estes dias?





***Cristina Costa disse...

Obrigada queridos afilhados!!!
Tinha certeza que vocês nos apoiariam.
Um abraço

Aluno que não se identificou,
o que sei é que para contar dia letivo tem que ter mais de 50% dos alunos...
Quanto aos que estão de greve, sim, terão que ser repostas estas aulas. É um direito que vocês tem. Não pense que é castigo, viu? Para nós professores também não é nada fácil.
Bom seria se todos estivessem juntos nesta luta, mas nós não podemos e nem devemos julgar ninguém.Sei que alguns até gostariam de estar conosco mas no momento não podem.Não julguemos ninguém. Um abraço



***Anônimo disse...

Maria Cristina, eu acredito que vc deve respeitar a decisão dos seus colegas. Agora se vc está insatisfeita com a educação, saia dela. Vc não é obrigada a trabalhar em algo que não esteja feliz, mas respeitar a opinião dos outros é seus dever enquanto CIDADÃ. Bjos...



***Cristina Costa disse...

"Anônimo" do comentário das 13:20,espero, sinceramente, que você não seja da classe de educadores pois demonstra total falta conhecimento ao afirmar que não estou respeitando a opinião dos outros.
Amo a Educação e leciono há mais de 25 anos sendo respeitada e valorizada pelos meus alunos, comunidade e colegas de trabalho,destes muitos amigos que conquistei e valorizo.Respeito este, obtido pela dedicação, competência e comprometimento demonstrado ao longo deste período. Você pode não entender, mas tenho o orgulho de ser Educadora. Já consegui subir todos degraus que almejei na Educação faltando apenas este último: O da valorização financeira e é por este que eu luto agora amparada por uma lei! Obrigada pelo comentário no blog!




***Anônimo disse...

Companheiros de luta,sou de Uberaba, triângulo mineiro, vamos nos unir neste momento para conseguirmos conquistar o tão sonhado PISO.
Gostei Cris de suas palavras , parecem sinceras.
Precisamos de pessoas que têm coragem de darem a cara a tapa, falarem suas opiniões mas que também tenham coragem de se identificar.
Seria, interessante se só conseguissem postar comentários que o comentarista se identificasse.O que vc acha???

Eu não estou conseguindo abrir uma conta, só aparece anônimo aqui, mas sou o professor Pedrão de Uberaba e também quero meu PISO, é meu direito,. Estou na luta também!!!

***Cristina Costa disse...

Professor, Pedrão, que bom o triângulo mineiro sempre na luta.
Obrigada pela visita, quanto ao comentário, eu sempre falo para meus alunos, por exemplo que se não tiver a conta no Google, assine ao final do comentário pois assim se identifica.
Mas, fica como opcional a identificação acho um direito que a pessoa tem de se expressar sem se identificar se não se sentir a vontade para tal.

Com relação á luta vamos em frente!!!!Afinal como você mesmo disse: é nosso direito!!!!




*** Alisson disse...

Olha aqui Cris, não sei definir de outra forma aqueles que não atendem ao chamado de luta da categoria a não ser COVARDES...

Desculpa se vou criar polêmica. Mas quem fala o que não deve, ouve também o que não quer. Já falei isto na minha escola.

Alisson




***Rogério disse...

Por que este bendito Governador não paga logo este PISO????

Será que ele acha que desta vez ele vai consegui manipular aquela corja de deputados, novamente????

O que ele está planejando prorrogando o prazo para opção do regime antigo???

Paga logo o piso para quem optou e que se dane os outros...

Estou cansado de ficar tentando convence os alguns a voltarem para a carreira antiga.

Só fico triste com aqueles que até o momento não podem escolher!!!É por eles e mor mim que vou lutar os outros acomodados...vou deixar pra LÁ...

Rogério





***Roberto L C disse...

Oi Cristina,admiro muito sua determinação, na luta pelos seus direitos. Só assim é que as coisas podem ser mudadas. Pena que a maioria das pessoas são passivas,deixando que a minoria resolva aquilo que é para o bem de todos.
Abraços Roberto L.C.

Cristina Costa disse...

Obrigada Alisson, Rogério e Roberto pelos comentário no blog!

Luís Gustavo disse...

Mamãe estou torcendo por você. Te amo!
Luís Gustavo

***Anônimo disse...

Existe uma técnica infalível para acabar com greves, ate mesmo impedi-las de acontecer, sabe qual é?
Se souber, me fale e a divulgue pois esse é o único meio de luta da população contra o governo que cria as leis mais não cumpre. A justiça esta ficando de lado ou sendo subornada, decida a realidade, por que, tem caroço nesse angu e ha tempos estão sendo criados. Será que ninguém comeu angu ainda?

***Ana disse...

Olá Cristina, seu blog tem sido mais uma vez referência pra nós profissionais da Educação.
QUEREMOS NOSSO PISO JÁ!
Ana Valéria

***Ana disse...

Cristina, nós professores da E.E."Deputado Renato Azeredo" - Morro Alto - Vespasiano, estamos mais uma vez engajados nessa luta. Nossa Escola já parou por completo desde a última quarta feira. Afinal, a luta é de todos nós e não temos mais tempo a perder.
Queremos o que nos é de direito e queremos já!
Ana Valéria

****Isabela Fernandes ♥ disse...

Cristina, Boa noite. Venho parabenizar pela atitude de valentia. Pois somente lutando irão alcançar seus objetivos e direitos adiquiridos. Como sua ex aluna posso garantir que você não está insatisfeita com a educação. Afirmo isto porque durante três anos fui presentiada com a QUALIDADE de suas aulas. Sei que você está lutando por um direito, vc merece o PISO E MUITO MAIS. Beijos Isabela Fernandes ♥

****Cristina Costa disse...

Obrigada Isabela querida!!!

A opinião e apoio de alunos como você, só me dão forças para continuar nesta luta. Pois com a valorização dos profissionais da Educação conseguiremos uma qualidade nos futuros profissionais e consequentemente uma educação melhor.

Obrigada pela visita, alunas como você é que nos faz tentar ser melhor a cada dia e a não desistir nunca da Educação.

Um forte e caloroso abraço!!!

***Anônimo disse...

Oi, você poderia de me dizer qual é a lei que cobra 50%+1 dos alunos para considerar dia letivo. obrigada

Cristina Costa disse...

Sinceramente não sei dizer. Só ouvir falar. e faz sentido. Ainda mais se estiver decretado GREVE pela categoria.
Uma vez no inicio de minha carreira quando eu ainda não tinha uma formação profissional e furei greve, minha diretora na época, que Deus a tenha(D. Bárbara) ia pessoalmente na sala de aula contar os alunos e eu e outros tivemos que repor as aulas novamente por falta de alunos...
Acho que foi nesta época que eu aprendi a me juntar aos colegas de luta quando a maioria decidia pela greve.
Muitas, muitas, vezes votei contra GREVE e acabei acatando o que a maioria decidia.
Aprendi que isto era o mais democrático.

Desculpe-me não saber te informar...

Anônimo disse...

Bom dia Cris,
Gostaria de solicitar a voce por favor, que entre em contato com a Beatriz,para dizer, que ela deve parar de cobrar este valor de R$1.597,00 para o Piso, pois isto serve de munição para o governo continuar fazer jogo duro. Tenho conversado com meu filho advogado em Belo Horizonte e professor da PUC, sempre ele me diz, para o governo R$1.597,00 não é correto. Ele sempre tem Ações Judiciais de professores do Estado contra o Governo, portanto tem muita experiência nesta área.
Me desculpe pela solicitação, pois o que quero, é a vitória de todos os professores guerreiros.
Abraço, Sebastião de Oliveira

Cristina Costa disse...

Sebastião,

Infelizmente também não tenho contato com a Beatriz. Quem me dera esta oportunidade. Falaria isto mesmo. Pois acho que deveríamos estar reivindicando o PISO de R$1.187,00. Mas conversando com alguns companheiros mais atuantes nos sindicatos, o valor não está errado, é bom que dá margem para negociação. Espero que estejam certos.
Eu particularmente, neste momento, aceito até o valor do MEC proporcional.rsrsrsr...
Só que tem que ser o PISO!!!

Obs: Blog da Beatriz: http://blogdabeatrizcerqueira.blogspot.com/

40 comentários:

  1. Você está certíssima, concordo com tudo que vc disse e não penso diferente, mas por enquanto ainda vou aghuardar mais um pouco. Minha posição ainda não está definida, mas sei também que tenho deveres com os professores ao retornarem da greve e também com os que não puderam participar. Não é só isso, eu ainda estou aguardando mais um pouco - Coisa minha. Espero que vc possa compreender, mesmo sem muitos esclarecimentos. Gostaria de encontrar um recurso realmente eficaz, mas ainda não sei o Quê? Pensei que se todos os sindicatos e associações se unissem(SIND-UTI,PPMG,AMI,AMISP)poderia fazer mais pressão.É só uma idéia.
    Um grande abraço

    Maura

    ResponderExcluir
  2. Excelente,acabei de descobrir esse blog e vou tornar leitora assíduo.Força a todos nós guerreiros da educação.Para encararmos um governo FORA DA LEI, QUE PIOR AINDA SE DIZ PROFESSOR DE DIREITO,temos que ser grandes combatentes.

    ResponderExcluir
  3. José Alfredo Junqueira10 de junho de 2011 08:00

    Muito bom,parabéns.Mas,a maioria dos nossos colegas "não são educadores de verdade".Problema deles.

    ResponderExcluir
  4. Cristina;
    PARABÉNS PELA BRILHANTE FALA!!!

    Aos amigos, tudo; aos inimigos, a lei.
    governador, nós somos seus inimigos!

    ResponderExcluir
  5. A greve é para os guereiros, é para aqueles que sabem de seus valores, da sua competência, do seu potencial, cobra reconhecimento e valorização do seu trabalho como educador. A greve não é para os medrosos, não é para aqueles que estão no magistério por falta de opção, não é para aqueles que querem usufruir das conquistas dos corajosos.
    Sebastião de oliveira ( Carangola)

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    É isso mesmo, estamos sendo injustiçados há bastante tempo e agora mais do que nunca temos a lei a nosso favor. Belas fotos do nosso movimento!

    ResponderExcluir
  7. Cristina,
    Mais uma vez estamos na rua exigindo nossos direitos. Conte comigo.Este ano haveremos de conseguir o êxito, que há tanto tempo estamos lutando.Precisamos mostrar a estes burocratas de colarinho branco que educação se faz na prática e que é investimento para o país.Já acabaram com o que idealizamos ser educação. Agora querem acabar com o que resta de dignidade do profissional da educação.
    Força amiga. Coragem .
    Abraços
    Santuza

    ResponderExcluir
  8. Concordo com a luta de vocês mas não aceito que me chamem de covarde pois não estou na luta por motivos maiores e pessoais que me impedem de estar. Fico triste pois não sou e nunca fui covarde!

    ResponderExcluir
  9. Obrigada Maura pela visita, palavras e opiniões!!

    Maura, aceito sua opinião e todos os colegas que ainda não aderiram ao movimento mas confesso, que não consigo entender. Se nossa categoria fosse realmente unida os resultados viriam com certeza mas rápidos.
    Obrigada pela visita e suas considerações.

    ResponderExcluir
  10. Fernanda,minha amiga, aceito sua opinião. Não leve para o lado pessoal.Não quero dividi ainda mais a categoria, pois o governo já conseguiu isto.
    Não me refiro à pessoa covarde, mas sim a uma atitude de covardia. Aceito sua opinião apesar de não conseguir entender... Pois se nossa categoria fosse mais unida, se fosse uma adesão geral, talvez conseguíssemos os resultados de nossa luta mais rápidos. Mas... Cada um tem seus problemas pessoais e isto impede a união da categoria. Mas vamos ver o que conseguimos alcançar para todos nós nesta batalha que não vai ser fácil.Gostaria sim de ver todos unidos no mesmo ideal. Um se apoiando no outro mas se no momento isto não é possível, vamos fazer o que está ao nosso alcance respeitando sempre a opinião do colega.
    Um grande abraço e agradeço suas palavras e sua visita.

    ResponderExcluir
  11. Caros companheiros agradeço as visitas,as palavras de incentivo que enriquecem as postagens...
    Aceito a opinião de todos, apesar de infelizmente não consegui entender porque não unirmos as forças para enfrentar este fora da Lei: O GOVERNO DE MINAS E MUITOS PELO PAÍS A FORA. Gostaria de ver o governo FEDERAL fazer valer a lei maior. Mas... ele finge que não está acontecendo nada... Fazer o quê??? Não temos outra forma de mostrar a nossa insatisfação e de lutar a não ser com GREVE, não inventaram outra forma de manifestação que surta efeito. Pelo que sei da história de nossa carreira, toadas as conquistas foram alcançadas com greve, infelizmente.

    Caro colega Sebastião de Carangola, você conseguiu traduzir em palavras muitos sentimentos que ficam remoendo dentro de mim. Obrigada amigo e companheiro.A propósito como está o movimento ai na sua região??

    ResponderExcluir
  12. Cristina, estou totalmente a favor sim da luta de voces.Sou mae de aluno e vejo como voces sofrem para cuidar das nossas criancas e passar um pouco do conhecimento que adquiriram em anos na faculdade. Descordo totalmente desses professores que nao aderiram o movimento, pois, o que voces conseguirem sera valido para eles tbm. Mesmo que tenham esta desculpa de problemas financeiros e pessoais como vi um depoimento acima, essa pessoa tbm se valera do direito adquirido pela luta de voces. Portanto acho um ato covarde sim quem nao aderiu ao movimento. Sou mae e dou apoio total ao movimento de todos mesmo sabendo que meu filho podera ser prejudicado, mas sabendo que ele sabera tbm lutar pelos direitos dele qdo crescer.Abracos e boa sorte a todos

    ResponderExcluir
  13. Muito obrigada mãe. Você sabe que a opinião dos pais é muito importante para nós em luta.
    Porque em nenhum momento estamos contra a educação nem contra nossos alunos.
    Estamos apenas reivindicando um direito nosso e a única forma de nos fazermos ser ouvidos é este, infelizmente.
    Mais uma vez muito obrigada pelo apoio.
    Apesar de estar no anonimato tenho certeza que deve ser uma das mães que estão presentes na escola e acompanham a educação dos filhos.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  14. Dona Cristina,

    fico triste em ver que vocês alem de lutar contra o governador também tem que lutar com alguns colegas professores...

    Sua aluna que te adora mas não pode identificar.
    Um abraço dona.

    ResponderExcluir
  15. OH, minha querida aluna, obrigada pleo carinho.

    Mas nós, não estamos lutando contra nossos colegas, não.Apenas temos visões diferentes. Cada um tem o seu livre arbítrio.

    Eu adoro vocês também!!!
    Espero que tudo se resolva rápido para voltar logo as aulas.

    Um abração

    ResponderExcluir
  16. Parece que seu recado foi dado justamente para os professores da escola em que trabalho. Estou com vergonha da postura deles diante do movimento. Estão trbalhando mormalmente com se nada estivesse acontecendo,estou levando todos os dias as novidades, mas alguns continuam conversando, demonstrando total desinteresse. Já tenho 30 anos de magistério, e sei que, infelizmente, nossas conquistas foram todas com muita luta. Mas hoje me sinto impotente diante de colegas egoistas,covardes e alienados que não exergam um palmo após o nariz. Por causa desses profissionais, nossos direitos são usurpados.

    ResponderExcluir
  17. Olá Cristina,
    sou aluna e posso te garantir, que as aulas estão muito sem graça sem as suas brincadeiras, sorrisos e ensinamentos.
    Espero que dê tudo certo no movimento.Sei que todos nós(alunos, professores, etc.) iremos,por um lado ficar prejudicados.Mas vocês, se Deus quiser, vão obter resultados e estando mais motivados com as "recompensas", irão dar aulas com mais motivação, e com isso também seremos beneficiados.
    Um abraço de muita boa sorte.
    Sua aluno, que te gosta muito.

    ResponderExcluir
  18. Obrigada pelo carinho QUERIDO(A)aluno(a),vocês tiveram aulas normais??? Como foi??? Teve 50% +1 aluno? Senão não poderá ser considerado dia letivo, viu???
    Muito obrigada pelas palavras carinhosas.
    Infelizmente vcs estão nesta situação. Realmente eu não quero prejudicá-los. Como já disse em toadas as salas: quero os meus direitos, quero o cumprimento da Lei, só isto.

    Obrigada pela força!!! E um beijão.
    Aparece por aqui sempre assim ficará por dentro das negociações.

    ResponderExcluir
  19. Cara companheira anônima, nós que temos mais tempo de casa fomos os que mais perdemos. Mas temos que mostrar para os novos, que eles irão perder a médio prazo. Careira não existe no subsídio.
    A minha escola está dividida. Tem mais de 50% parados mas alguns infelizmente não aderiram ao movimento ,mas eu tenho esperança que eles amadureçam as ideias e se juntem a nós. Porque com o movimento fortalecido temos mais chances de alcançarmos nossos objetivos mais rápido. Um abraço e não desista da luta. Alguém tem que levantar a bandeira na escola. Quem sabe é você???Pense nisto.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  20. Dona Cristina estamos com vocês.
    Turma Diamantina

    ResponderExcluir
  21. mcris, alguns professores ainda estão trabalhando sera que termos que pagar estes dias?

    ResponderExcluir
  22. Maria Cristina, eu acredito que vc deve respeitar a decisão dos seus colegas. Agora se vc está insatisfeita com a educação, saia dela. Vc não é obrigada a trabalhar em algo que não esteja feliz, mas respeitar a opinião dos outros é seus dever enquanto CIDADÃ. Bjos...

    ResponderExcluir
  23. Obrigada queridos afilhados!!!
    Tinha certeza que vocês nos apoiariam.
    Um abraço

    Aluno que não se identificou,
    o que sei é que para contar dia letivo tem que ter mais de 50% dos alunos...
    Quanto aos que estão de greve, sim, terão que ser repostas estas aulas. É um direito que vocês tem. Não pense que é castigo, viu? Para nós professores também não é nada fácil.
    Bom seria se todos estivessem juntos nesta luta, mas nós não podemos e nem devemos julgar ninguém.Sei que alguns até gostariam de estar conosco mas no momento não podem.Não julguemos ninguém. Um abraço

    ResponderExcluir
  24. "Anônimo" do comentário das 13:20,espero, sinceramente, que você não seja da classe de educadores pois demonstra total falta conhecimento ao afirmar que não estou respeitando a opinião dos outros.
    Amo a Educação e leciono há mais de 25 anos sendo respeitada e valorizada pelos meus alunos, comunidade e colegas de trabalho,destes muitos amigos que conquistei e valorizo.Respeito este, obtido pela dedicação, competência e comprometimento demonstrado ao longo deste período. Você pode não entender, mas tenho o orgulho de ser Educadora. Já consegui subir todos degraus que almejei na Educação faltando apenas este último: O da valorização financeira e é por este que eu luto agora amparada por uma lei! Obrigada pelo comentário no blog!

    ResponderExcluir
  25. Companheiros de luta,sou de Uberaba, triângulo mineiro, vamos nos unir neste momento para conseguirmos conquistar o tão sonhado PISO.
    Gostei Cris de suas palavras , parecem sinceras.
    Precisamos de pessoas que têm coragem de darem a cara a tapa, falarem suas opiniões mas que também tenham coragem de se identificar.
    Seria, interessante se só conseguissem postar comentários que o comentarista se identificasse.O que vc acha???

    Eu não estou conseguindo abrir uma conta, só aparece anônimo aqui, mas sou o professor Pedrão de Uberaba e também quero meu PISO, é meu direito,. Estou na luta também!!!

    ResponderExcluir
  26. Professor, Pedrão, que bom o triângulo mineiro sempre na luta.
    Obrigada pela visita, quanto ao comentário, eu sempre falo para meus alunos, por exemplo que se não tiver a conta no Google, assine ao final do comentário pois assim se identifica.
    Mas, fica como opcional a identificação acho um direito que a pessoa tem de se expressar sem se identificar se não se sentir a vontade para tal.

    Com relação á luta vamos em frente!!!!Afinal como você mesmo disse: é nosso direito!!!!

    ResponderExcluir
  27. Olha aqui Cris, não sei definir de outra forma aqueles que não atendem ao chamado de luta da categoria a não ser COVARDES...

    Desculpa se vou criar polêmica. Mas quem fala o que não deve, ouve também o que não quer. Já falei isto na minha escola.

    Alisson

    ResponderExcluir
  28. Por que este bendito Governador não paga logo este PISO????

    Será que ele acha que desta vez ele vai consegui manipular aquela corja de deputados, novamente????

    O que ele está planejando prorrogando o prazo para opção do regime antigo???

    Paga logo o piso para quem optou e que se dane os outros...

    Estou cansado de ficar tentando convence os alguns a voltarem para a carreira antiga.

    Só fico triste com aqueles que até o momento não podem escolher!!!É por eles e mor mim que vou lutar os outros acomodados...vou deixar pra LÁ...

    Rogério

    ResponderExcluir
  29. Oi Cristina,adimiro muito sua determinação, na luta pelos seus direitos. Só assim é que as coisas podem ser mudadas. Pena que a maioria das pessoas são passivas,deixando que a minoria resolva aquilo que é para o bem de todos.
    Abraços Roberto L.C.

    ResponderExcluir
  30. Obrigada Alisson, Rogério e Roberto pelos comentário no blog!

    ResponderExcluir
  31. Mamãe estou torcendo por você. Te amo!
    Luís Gustavo

    ResponderExcluir
  32. Existe uma técnica infalível para acabar com greves, ate mesmo impedi-las de acontecer, sabe qual é?
    Se souber, me fale e a divulgue pois esse é o único meio de luta da população contra o governo que cria as leis mais não cumpre. A justiça esta ficando de lado ou sendo subornada, decida a realidade, por que, tem caroço nesse angu e ha tempos estão sendo criados. Será que ninguém comeu angu ainda?

    ResponderExcluir
  33. Olá Cristina, seu blog tem sido mais uma vez referência pra nós profissionais da Educação.
    QUEREMOS NOSSO PISO JÁ!
    Ana Valéria

    ResponderExcluir
  34. Cristina, nós porofessores da E.E."Deputado Renato Azeredo" - Morro Alto - Vespasiano, estamos mais uma vez engajados nessa luta. Nossa Escola já parou por completo desde a última quarta feira. Afinal, a luta é de todos nós e não temos mais tempo a perder.
    Queremos o que nos é de direito e queremos já!
    Ana Valéria

    ResponderExcluir
  35. Cristina, Boa noite. Venho parabenizar pela atitude de valentia. Pois somente lutando irão alcançar seus objetivos e direitos adiquiridos. Como sua ex aluna posso garantir que você não está insatisfeita com a educação. Afirmo isto porque durante três anos fui presentiada com a QUALIDADE de suas aulas. Sei que você está lutando por um direito, vc merece o PISO E MUITO MAIS. Beijos Isabela Fernandes ♥

    ResponderExcluir
  36. Obrigada Isabela querida!!!

    A opinião e apoio de alunos como você, só me dão forças para continuar nesta luta. Pois com a valorização dos profissionais da Educação conseguiremos uma qualidade nos futuros profissionais e consequentemente uma educação melhor.

    Obrigada pela visita, alunas como você é que nos faz tentar ser melhor a cada dia e a não desistir nunca da Educação.

    Um forte e caloroso abraço!!!

    ResponderExcluir
  37. Oi, você poderia de me dizer qual é a lei que cobra 50%+1 dos alunos para considerar dia letivo. obrigada

    ResponderExcluir
  38. Sinceramente não sei dizer. Só ouvir falar. e faz sentido. Ainda mais se estiver decretado GREVE pela categoria.
    Uma vez no inicio de minha carreira quando eu ainda não tinha uma formação profissional e furei greve, minha diretora na época, que Deus a tenha(D. Bárbara) ia pessoalmente na sala de aula contar os alunos e eu e outros tivemos que repor as aulas novamente por falta de alunos...
    Acho que foi nesta época que eu aprendi a me juntar aos colegas de luta quando a maioria decidia pela greve.
    Muitas, muitas, vezes votei contra GREVE e acabei acatando o que a maioria decidia.
    Aprendi que isto era o mais democrático.

    Desculpe-me não saber te informar...

    ResponderExcluir
  39. Bom dia Cris,
    Gostaria de solicitar a voce por favor, que entre em contato com a Beatriz,para dizer, que ela deve parar de cobrar este valor de R$1.597,00 para o Piso, pois isto serve de munição para o governo continuar fazer jogo duro. Tenho conversado com meu filho advogado em Belo Horizonte e professor da PUC, sempre ele me diz, para o governo R$1.597,00 não é correto. Ele sempre tem Ações Judiciais de professores do Estado contra o Governo, portanto tem muita experiência nesta área.
    Me desculpe pela solicitação, pois o que quero, é a vitória de todos os professores guerreiros.
    Abraço, Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  40. Sebastião,

    Infelizmente também não tenho contato com a Beatriz. Quem me dera esta oportunidade. Falaria isto mesmo. Pois acho que deveríamos estar reivindicando o PISO de R$1.187,00. Mas conversando com alguns companheiros mais atuantes nos sindicatos, o valor não está errado, é bom que dá margem para negociação. Espero que estejam certos.
    Eu particularmente, neste momento, aceito até o valor do MEC proporcional.rsrsrsr...
    Só que tem que ser o PISO!!!

    Obs: Blog da Beatriz: http://blogdabeatrizcerqueira.blogspot.com/

    ResponderExcluir