sábado, 30 de julho de 2011

Fim do recesso escolar mas greve continua...


Último final de semana de recesso escolar.

Segunda começam as aulas, MENOS para os alunos das escolas públicas mineiras, que estão de greve desde o dia 8 de junho.

É um absurdo perceber que para o governo esta situação não incomoda em nada. E o pior, querem jogar a responsabilidade que é deles nas costas dos professores.

Claro, seus filhos estão matriculados em escolas particulares e não estão sendo prejudicados. Segunda, a vida de seus filhos volta ao normal...

Queria ver como se comportariam se seus filhos estivessem matriculados e frequentando uma escola pública que estava de greve...Pior, se esta escola estivesse parcialmente de greve!!! AH!! A situação não teria chegado a este ponto com toda certeza!!!!

Mas nossa realidade é outra. Infelizmente, nosso governo não se preocupa com a educação. Para eles educação é custo é não investimento. Não é interessante para eles terem cidadãos críticos, participativos e sabedores de seus direitos, não!!! Querem poder continuar manipulando seus eleitores e terem uma sociedade submissa e sem voz ativa.

Vejam só a nossa responsabilidade como educadores!!!!!

Somos exemplos vivos de que só conseguem lutar aqueles que conhecem seus direitos.
Esta nossa greve é diferente da greve do ano passado.

O ano passado também estávamos reivindicando o PISO nacional do Magistério, porém estava no STF para ser julgada a sua constitucionalidade. O governo questionava que não ficava claro o que era piso... O governo aproveitando deste momento político nos impôs a lei do subsídio nos confiscando direitos adquiridos ao longo de nossa carreira. Igualando quem tinha 20 anos de carreira com quem estava iniciando a mesma. Um verdadeiro absurdo!!!Como o governo tinha a maioria dos deputados a seu favor na Assembleia...não tivemos muito o que fazer...

Ficamos com pés e mão atados. Tivemos que engolir aquela situação e torcer para que a justiça fosse feita. E ela demorou mas veio!!!

Agora, a situação é outra: Em abril deste ano o STF votou a constitucionalidade do PISO Nacional do Magistério e determinou que este PISO deve ser considerado como vencimento inicial. BINGO para o s educadores!!!!! A LEI a nosso favor!!! PISO é vencimento inicial e sobre ele deve incidir as vantagens. Subsídio e valor total(incluindo todas as vantagens!)

Então, agora, estamos com uma determinação do Supremo Tribunal Federal que nos resguarda o direito de lutar pelo nosso PISO. Estamos lutando para fazer valer uma Lei Federal que o Governo de MG insiste em descumprir. Não somos irresponsáveis e não estamos fazendo nenhuma quebra de braço com o governo. Estamos apenas mostrando que sabemos o nosso direito e lutando por isto.

Ouvi na radio Itatiaia, a Senhora Secretária da Educação Gazolla, fazendo um apelo aos professores para que retornem às aulas na segunda-feira. E tentando nos ameaçar, comunicando que teremos nossos dias cortados. Só digo uma coisa, que ouço a maioria dos professores falando: "Sem pagamento não tem reposição". O problema fica nas mãos do governo. É só depois a secretária não abrir a boca para falar que a greve não foi reposta... Outra coisa que muito me preocupa, é qual "professor"eles irão contratar para repor a greve... Se for do mesmo nível que que ele anunciou como professor da família, fica aqui o meu alerta aos pais, este profissional nem habilitado é. Que aula ele irá ministrar???? Fiquem atentos e não aceitem mais esta farça!!! Gostaria por fim deixar aqui o nosso apelo ao governo de Minas:

Por favor, Anastasia, pague o que é nosso de direito, o que determina a Lei e acabe com esta greve que é de total responsabilidade do governo de Minas. Estamos querendo trabalhar. Mas precisamos receber dignamente pelo nosso trabalho. Queremos uma Educação de qualidade para nossos alunos. Estamos muito preocupados com o fechamento do ano letivo, com o ENEM, com as avaliações externas, com as Olimpíadas de Matemática... mas o FIM desta greve não está em nossas mãos. ESTÁ NAS SUAS!!!!!



Comentários:


ANGELICA/ S D PRATA disse...

CRIS, TUDO ISSO QUE ESTAMOS VIVENDO, FALANDO, POSTANDO SOBRE PISO DEVE SER FRUTO DE NOSSA IMAGINAÇÃO. ESTOU COMEÇANDO A ACREDITAR QUE SOMOS UM BANDO DE LOUCOS E MENTIROSOS!!! VOCE VIU O COMUNICADO QUE A SECRETARIA DE EDUCAÇAO ESTA VEICULANDO NA TV? NELA O GOVERNO AFIRMA QUE JA PAGA 57% ALEM DO PISO! ENTAO NOS ESTAMOS LOUCOS MESMO!!!!! POR QUE SERÁ QUE MAIS DE 85MIL PROFESSORES JA OPTARAM PELA CARREIR ANTIGA, ABRINDO MAO DESTE SUBSIDIO?????? SE ELE FOSSE TAO BOM, POR QUE IRÍAMOS TROCÁ-LO. ESSA CORJA ME DA NOJO,.......


disse...


Nossa Cris, você arrasou!!! É isso mesmo ... está nas mãos do governador ...
Hoje, começaram a exibir as propagandas milionárias nos horários nobres e com o mesmo lenga-lenga de sempre. Mas estaremos firmes e fortes até a vitória.


Anônimo disse...

Olha Pais fiquei sabendo que o Anastasia ia contratar o Tiririca para dar aula no lugar dos professores aqui em Minas como professor substituto viu.... Brincadeira de lado vai Anastasia paga logo o piso ou pelo menos senta e conversa ora tu nao é homem não?



Anônimo disse...

Anastasia ironiza protesto de professores na cerimônia do Dia de Minas

O governador Antônio Anastasia (PSDB) ironizou o protesto de cerca de 50 professores estaduais durante a cerimônia da entrega da Medalha do Dia de Minas, neste sábado, em Mariana, Região Central do estado.

Os servidores vaiaram o governador na solenidade e usaram capuzes roxos em referência, segundo eles, à luta dos inconfidentes mineiros contra a dependência do Brasil à Cora Portuguesa. Perguntado sobre o traje dos profissionais da educação, Anastasia ironizou. "Achei que foi uma homenagem ao Harry potter. O governo desde o início demonstrou o que pode fazer. Estamos fazendo de acordo com aquilo que é possível", disse à imprensa.

Os professores estão em greve desde 8 de junho e, em assembleia na última quinta-feira, decidiram manter a paralisação.

È triste ver o Governo agir dessa forma, ter a capacidade de chamar trabalhadores de harry potter, prezado governador tenha mais respeito com a classe, tenha mais respeito pelo cidadão pois é graça a nos que você esta onde esta, quando queria voto nao agiu dessa forma, entao por favor nos poupe das suas ironias, vai trabalhar, vai pagar o piso logo, faz o seu trabalho e pronto, nao tera mais problemas, algum.

Att nanda


Anônimo disse...

Cristina, Anastasia não se importa com o aluno da rede estadual. Se importasse, já teria anunciado o pagamento do piso (que é lei), trataria melhor os educadores, não demonstraria tanto descaso.

Duas longas greves em seu governo, tudo por causa de pouco mais de R$1.000,00.Quando leio sobre o possível desvio de dinheiro da saúde para a Copasa, fico estarrecida!

Trabalho honestamente, procuro o melhor para os alunos... Acho que mereço muito mais do que reivindicamos. Se ele quer aparecer, de verdade, é fazer valer o diálogo, cumprir a lei, apresentar a tabela e pagar o piso. Terminar esta greve dia 3.

Os pais já estão falando que não tem que voltar. Temos que coninuar na luta até o fim. "Agora, é questão de honra" , disse-me uma mãe de aluno. E é mesmo. Ficarei até o fim.

Pais de alunos querem o telefone da Renata Vilhena para cobrarem dela uma resposta urgente. Se você souber... por favor, passe. Urgente. ABC


Anônimo"Brasileiro preocupado com a situação de nosso pais" disse...

Primeiramente gostaria de parabeniza-la pelo blog,e gostaria de saber se realmente a senhora acredita que tudo se resolvera ate o dia 3,confesso-lhe que estou preocupado com a situação,ouvi alguns boatos que diziam que o governador não "queria saber de conversa".

muito obrigado pela atenção.

ASS:Um brasileiro preocupado com a situação de nosso pais.


Cristina Costa disse...

Obrigada, Anônimo(05:41)

Todos estamos preocupados com esta situação, menos o governo que está tentando jogar a população menos esclarecida contra os professores.

Ele,o governo, é deveria está preocupado com tantos alunos sem aula durante tanto tempo.Mas parece que responsabilidade e compromissos não fazem parte da cartilha deste governo. Por que digo isto? Porque ele está descumprindo uma lei Federal e diz que não. Só que ele, não tem como provar isto, e vai até a mídia,gastando dinheiro público, dizendo que nossa greve é política.

Como eu disse acima, o término da greve está nas mãos do Governo. Se dia 3 ele anunciar que pagará o que determina a lei, ou seja o PISO nacional do magistério, a greve acabará.

É o que, nós professores, preocupados com a educação esperamos de um gestor politicamente coerente.

Vamos ver até quando este governo vai continuar descumprimento lei e se escondendo por trás de propagandas enganosas.


Anônimo disse...

Olá professores
eu acho que vcs estao certos em protestar por salários mais dignos.
mas tbm acho que vcs nao tem o direito de atrapalhar a vida estudantil dos alunos do jeito que estao fazendo. axo que se vcs parassem para pensar um pouco veriam que nossas vidas estao completamente prejudicadas e atrasadas por causa desta tal greve. vcs nao podem fazer isso com agente.
se vcs sao guerreiros eu sou o He-man.
pensem direito no que vcs estao fazendo pois mutos inocentes estao saindo prejudicados com isso.

Cristina Costa disse...

Caro anônimo (14:14)

Quem está fazendo tudo isto com vocês e a sociedade é o governo e não os professores.

Estamos lutando por um direito, quem não cumpre a lei e não respeita os alunos, é o governo!

como eu disse, o fim desta Greve está nas mãos do Governador Anastasia!!!


Fernanda disse...

Cris, hj ao comprar um super noticia me deparei com a seguinte materia tomando conta de uma pagina inteira no jornal. Publicado pela secretaria da educação sobre a greve. Texto totalmente ridiculo na minha opinião culpado o sindicato dos professores. Estou assim chocada com a capacidade desse povo viu, o sindicato nao pode ficar queito com isso tem dar a resposta a altura dessas barbaridades todas, se nao muitos vao pensar que o pobre coitado do Estado é bonzinho da historia vcs o lobo mal. fiz questao de digitar todo texto segue abaixo.

Educação: em respeito à Verdade

Tendo em vista as inverdades divulgada sobre a remuneração dos professores e em respeito à sociedade, aos profissionais da educação, aos estudantes e seus familiares, o Governo de Minas vem responder, publicamente, as perguntas mais freqüentes sobre o novo movimento grevista promovido pelo Sind-UTE:

1) O governo do Estado afirma que o valor do piso nacional dos professores é R$ 1.187,00 para 40 horas semanais. A direção do Sind-UTE diz que o valor é de r4 1.597,87. Afinal qual é o valor do piso nacional?
Existe apenas um piso nacional no País, estabelecido pelo Governo Federal. Esse piso, no valor de R$ 1.187,00 para uma jornada de 40 horas semanais de trabalho, para professores com formação em nível médio, pode ser onferido no site oficial do MEC (WWW.mec.gov.br).
Infelizmente, o Sind-UTE/MG falta com a verdade ao apresentar um valor (R$ 1.597,87) que corresponde, na realidade, a uma reivindicação do próprio sindicato, como se fosse o piso em vigor no País.
Os sindicalistas tem o direito de não concordar com o valor do piso estabelecido pelo MEC para todo o País, mas não é correto dizer que ele não é cumprido em Minas Gerais.

2) O Governo de Minas cumpre o piso fixado pelo Governo Federal?
Minas paga acima do piso em vigor no Pais. O piso nacional fixado pelo MEC é R$ 1.187,00 para 40 horas semanais para professores com formação em nível médio. Em Minas, desde Janeiro, com a implantação do novo modelo remuneratório da educação, o menor valor pago a um professor é R$ 1.22,00 para 24 horas semanais de trabalho.
A lei Federal n° 11.738, que regulamenta o piso salarial para os professores, assegura a proporcionalidade para as jornadas de trabalho. Assim, o valor pago pelo Governo de Minas aos professores com nível médio, é proporcional, 57,57% superior ao estabelecido pelo piso nacional.
Alem disso, o Governo de Minas abriu concurso para preencher 21 mil vagas para profissionais da educação. O salário inicial para professores da educação básica com licenciatura plena é de R$ 1.320,00, para 24 horas semanais, valor proporcionalmente 85% superior ao piso nacional.

3) A adoção do novo modelo remuneratório em parcela única (subsidio), a partir de janeiro de 2011 promoveu reajuste salarial para os professores?

Sim. Em função da carreira, aproximadamente 36% dos professores de educação básica tiveram aumento de ate 10%. Outros 41% tiveram reajuste entre 10 e 40%, cerca de 23% tiveram aumento de mais de 40% nos salários.

4) O novo modelo de remuneração também beneficia aposentados e designados?

Sim.

5) Como foi o acordo que pôs fim à greve do ano passado?
Na negociação que colocou fim à greve em 2010, o Governo cumpriu o acordo com a categoria e pagou antecipadamente as horas de trabalho, antes da efetiva reposição, numa demostração de confiança na palavra dos dirigentes sindicais. No entanto, os mesmo dirigentes sindicais descumpriram a sua parte no acordo e não orientaram os professores quanto a reposição das horas-aulas, de formar a assegurar que fosse cumprindo o total de horas pagas no acordo de greve. Ate hoje, mais de um milhão de horas –aula não foram repostas. Mesmo não comprometendo o padrão do ano letivo (200 dias), a ausência da reposição prejudicou a qualidade do ensino oferecido aos nossos alunos.

6) Com a greve atual, quantas escolas estão totalmente paradas em Minas Gerais?
Antes do inicio do período de férias, apenas 2% das escolas estaduais tinha aderido totalmente à paralisação.

7) Os professores em greve terão descontos nos pagamentos dos dias não trabalhados?
Como previsto na legislação, as faltas estão sendo lançadas e os dias não trabalhados não serão pagos, a não ser que haja um acordo e as aulas sejam integralmente repostas.

.

8) O governo de Minas já apresentou alguma proposta ao sindicato para por fim a greve?
Em respeito aos alunos e as suas famílias, representantes do Governo de Minas participaram, no dia 14 de julho, de uma reunião com Sind-UTE, na presença de vários parlamentares. No encontro, a direção do sindicato comprometeu-se a levar para a categoria a proposta do Governo de não descontar os dias parados em junho, mediante a suspensão da greve ate o dia 20 de julho, data em que a folha de pagamento do Estado é feita.

A partir da suspensão da greve, seriam retomadas as negociações em torno de alguns intens da pauta de reivindicações. Infelizmente, o Governo de Minas foi supreendido pela decisão da direção do sindicato de não submeter a proposta aos professores, a quem de fato caberia a decisão sobre o assunto.
O governo de Minas lamenta a nítida motivação política dos dirigentes do Sind-UTE e reitera o seu compromisso de continuar buscando melhores condições de trabalho para os profissionais da educação e de defender os interesses dos alunos e de suas famílias – em especial, nesse momento, dos alunos do terceiro ano, que se preparam para prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não merecem ser prejudicados nesse passo decisivo para o seu futuro.

Que o sindicato nao fique quieto com tudo isso e se manifeste o mais rapido possivel dessas barbaridaes att. Fernanda

Vou escrever um texto respondendo a todas es perguntas logo mais a tarde.OK Anônimo!!

Fiquei ou melhor, estou também indignada!!

Anônimo disse...

ola novamente professora.
eu sei que o governo nao quer pagar o salario que é de direito dos professores. mas continuo achando que essa greve ja foi longe demais... estamos correndo o risco de perder o ano letivo por causa dela. eu creio que isso é desnecessário pois acredito que existam outros meios de reivindicar. peço novamente que reconsiderem a decisão de continuar em greve na assemblei que ocorrerá no dia 3.

Cristina Costa disse...

Anônimo,

Você tem toda razão quando diz que esta greve já foi longe demais. Também acho!É um absurdo o governo ficar enrolando para cumprir uma lei.

Que vocês estão correndo o risco de perder o ano letivo... isto irá depender do governo também. Espero sinceramente não.

Quando vc diz, que a greve é desnecessária e que existem outros meios...Eu pergunto: Quais????

Quanto a votar pelo término da greve no dia 3, é tudo que mais quero fazer. Só que para isto acontecer o governo tem que anunciar que pagará o que determina a Lei. Só assim votarei pelo término da greve.

Gostaria de esclarece que fazendo isto, não estamos indo contra os alunos não, viu??? Estamos também,como sempre, preocupados com vocês.

Estamos ensinando pelo nosso exemplo, aos nossos alunos que, temos que lutar pelos nossos direitos, que lei é para todos cumprirem, que não se pode confiar em tudo que político diz, que precisam ser cidadãos críticos e....

Espero que este governo irresponsável acabe com a greve no dia 3 para que possamos trabalhar. Todos nós estamos ansiosos para retornarmos para a escola.

Obrigada pelo comentário!


Anônimo disse...

acho que vcs deviam acabar com essa greve que ja esta passando dos limites como muitos de vcs falam vcs ja são pós-graduados e nos os alunos estamos construindo a nossa estrada ta certo professor merece remuneração melhor mais vcs escolheram ser professores nao é entao por favor vote contra a greve dia 3 porque como eu ja ouvi vc dizer perder um ano é mto ruim.
obrigado.
ass: um ex aluno seu

Cristina Costa disse...

Isto mesmo ex-aluno!!Será muito ruim mesmo se os alunos perderem o ano letivo, mas esta decisão como também já disse é do governo e não dos professores. Veja quem está mentindo?? O governo ou os professores?
leia o meu último post ou clique no link abaixo:


http://blogdoeulerconrado.blogspot.com/2011/08/cade-meu-piso-governador.


Obrigada!

Fernanda disse...

È muito facil culpar o lado mais fraco da historia pela greve, agora me digam é errado lutar pelos seus direitos?? È errado não querer ser mais feito de trouxa, palhaços, de bobos pelo Estado??? Os professores estão sendo lesados, roubados??? isso mesmo roubados, pois o que o governo faz é roubar um direito adquirido, previsto em lei e a educação destruida. Entao alunos, pais, cidadãoes, sociedade não cobre nem culpe as pessoas erradas pela greve. Culpe o Estado pois so ele tem o poder e o dever de acabar com a greve em Minas. Ele é o infrator, ele é o culpado, não se deixem influênciar por mais metiras, sejam cidadões criticos, opinativos, que tenha visão e percepção de onde realmente esta o erro, quem são os culpados. Vivemos em um país democratico, onde somente teremos realmente democracia se a sociede passar a acreditar em um país melhor, sendo mais participativos tudo aquilo que envolve a admnistração pública, pois é ela quem cuida do bem estar nosso ou pelo menos deveria, nos oferecendo serviços dignos e de primeira qualidade, pelo tanto que pagamos como tributos.

Att Fernanda

Cristina Costa disse...

Fernanda,

Muito obrigada por tudo!!!

Você falou muito bem em nosso favor!!

Ana disse...

Cris,
Enviei um email contando nossa situação para o CQC da Band, no Quadro Proteste Já. Não sei se você sabe, mas eles visitam as cidades com problemas e denunciam e mostram tudo na TV, é tudo que precisamos, não é? Um grande espaço na Mídia Televisiva de graça!
ENTÃO CONVOCO AOS COLEGAS A ENVIAREM EM MASSA EMAILS PARA O SITE DO CQC!
site: cqc.band.com.br
Vamos colegas, quero que respondam aqui, confirmando o envio do email, ok?
Um grande abraço e vamos torcer pra eles virem a BH!
Ana

Cristina Costa disse...

Ana, boa ideia.

Há mais ou menos 3 ou 4 semanas enviei vários twitters para eles pedindo para falarem das greves de professores em vários estados e eles colocaram um vídeo de um aluno na semana no ar. Não sei se viu!!!

Vou enviar um e-mail agora mesmo!!!

Vamos lá companheiros!!!! Agora temos prova contra o governo!!!

Obrigada e um abraço!

Cristina Costa disse...

Ana, transcrevo aqui o meu "Proteste Já " no CQC

Gostaria de denunciar o Governo de MG por não cumprir Lei 11.738/08 que instituiu o piso nacional do magistério. O governo mente descaradamente dizendo que paga acima do piso mas a realidade não é esta.Temos como provar isto com o nosso contracheque. Já estamos de greve desde o dia 8 de junho e ele nem quer negociar e gasta valores altos com propagandas falsas. Por aqui a imprensa é toda comprada não divulga nada nem apura a verdade. Estamos a mercê destes políticos, que não tratam a educação com o devido respeito e valor. Precisamos de socorro, alguém como vocês que não devem nada a ninguém, têm coragem para colocar a boca no trombone. Vejam no blog do Euler,abaixo, uma explicação clara do que está acontecendo por aqui. Venham nos ajude !!! Estamos apostando em vocês!!!

http://blogdoeulerconrado.blogspot.com/2011/08/cade-meu-piso-governador.html

Muito obrigada e aguardamos ansiosos por vocês aqui nas Minas Gerais .
Cristina

Anônimo disse...

Aqui em Ipatinga depois de quase 2 meses de greve, o prefeito deu 10% escalonado(vai pagar até janeiro/2012 e os professores vão voltar amanhã. Que tristeza! Nadaram, nadaram e morreram na praia! Nada de PISO...
Essa derrota vai nos prejudicar muito, pq com certeza, o infeliz do Anastasia vai se sentir fortalecido.

Anônimo disse...

Ana ja fiz minha manifestação la no CQC, boa ideia a sua viu. :)vamos la gente quanto mais pessoas mandarem melhor sera para chamar a atenção deles para estes problemas.

Cristina Costa disse...

Anônimo de Ipatinga,

Anastasia não disso para se fortalecer...

Nós é que temos a força!!!Estamos cientes dos nossos direitos e os professores que aderiram a greve estão conscientes e determinados a voltarem apenas com o PISO!!!

Força ai companheiro, até amanhã, se não houver proposta: GREVE CONTINUA!!!


LEIA: o Jornal do José Elias Issa disse...

Olá Cris

Acabei de postar esse mesmo comentário no Blog do Euler, veja:

------------
Olá Euler e caros companheiros
ATENÇÃO !!!

O único jornal que teve CORAGEM de divulgar sobre a greve está sendo o MINAS URGENTE - Paulo Leite:

TWITTER

Minas Urgente
MinasUrgente
Você acha Justa a Greve dos Professores Estaduais de Minas que já dura quase dois meses? Mande sua mensagem pra gente. 14:00
http://www.bandmg.com.br/minasurgente/programa.php E AINDA

Professores da Rede Estadual de Ensino decidiram em reunião manter paralização. 14:00 #Band
2 hours ago · reply · retweet · favorite

E o mais estranho o sinal de transmissão esta fora do ar, sem sinal. Assim que foi anunciado sobre a GREVE DOS PROFESSORES. Por quê será!?

ABRAÇOS e estamos juntos até a vitória.

Profº Gleiferson Crow

João Paulo Ferreira de Assis disse...

Prezada amiga Cris

Você já observou que afundar a escola pública, menosprezar os professores faz parte de uma estratégia dirigida pelo governo do Estado?

Observe um detalhe: quais são as escolas que são mais assaltadas, depredadas, têm furtados computadores, datashows entre outras coisas? Respondo são as escolas públicas. Você já viu notícia de alguma escola particular que tivesse sido assaltada? Nem aquelas que ficam em locais ermos são alvo dos ladrões. A PMMG não faz nada (até parece que tem ordens da Cidade Administrativa para não prender os ladrões e nem recuperar os objetos furtados das escolas públicas) Sabe para que isso? Para que o pobre não tenha aulas de qualidade e não possa ascender na vida. A escola pública vítima de furto de material didático leva algum tempo para repô-lo. Se a escola particular sofrer atentado igual, no dia seguinte o material já está reposto. Não vou estranhar nem um pouco se descobrirem que alguém do governo manda furtar as escolas só para privar a gente pobre das aulas de qualidade.

Cristina Costa disse...

JOÃO PAULO,

Você tem toda razão, infelizmente.

O que podemos verificar pelos atos dos nossos governantes e mesmo do judiciário é um completo descaso para com a educação de um modo geral.

Muito boa a sua observação, colocação e colaboração !

Cristina Costa disse...

Obrigada Ana por responder para mim ao nosso 'visitante" anônimo!!!

Tem momentos que prefiro o silêncio!!!

Muito obrigada,esta sua atitude vem nos mostrar mais uma vez o quão estão unidos os que lutam!!!

Um abraço!!! E ao Anônimo, reafirmo o convide para próxima Assembleia dia 9/8 às 14:00 no pátio da ALMG!!

Anônimo disse...

Esse governo nao quer saber da educaçao dos jovens .. Não param de falar que nao tem profissionais capacitados , que isso , que aquilo .. Mas na hora de educar eles nao estao nem ai ! Tem alunos que se perderem esse ano pode ter avida toda afetada e não só um ano , eles não tem conciencia disso nao ?! Eu tenho vergonha de ser brasileira , esse país só envergonhar a quem vive nele !

Cristina Costa disse...

Anônimo das 23:45,

Você tem toda razão em estar indignado!
É muito triste perceber o descaso para com a educação e nossos jovens!!

Esse governo é um irresponsável!!!Fora da lei!!

45 comentários:

  1. CRIS, TUDO ISSO QUE ESTAMOS VIVENDO, FALANDO, POSTANDO SOBRE PISO DEVE SER FRUTO DE NOSSA IMAGINAÇÃO. ESTOU COMEÇANDO A ACREDITAR QUE SOMOS UM BANDO DE LOUCOS E MENTIROSOS!!! VOCE VIU O COMUNICADO QUE A SECRETARIA DE EDUCAÇAO ESTA VEICULANDO NA TV? NELA O GOVERNO AFIRMA QUE JA PAGA 57% ALEM DO PISO! ENTAO NOS ESTAMOS LOUCOS MESMO!!!!! POR QUE SERÁ QUE MAIS DE 85MIL PROFESSORES JA OPTARAM PELA CARREIR ANTIGA, ABRINDO MAO DESTE SUBSIDIO?????? SE ELE FOSSE TAO BOM, POR QUE IRÍAMOS TROCÁ-LO. ESSA CORJA ME DA NOJO,.......

    ResponderExcluir
  2. Nossa Cris, você arrasou!!! É isso mesmo ... está nas mãos do governador ...
    hoje, começaram a exibir as propagandas milionárias nos horários nobres e com o mesmo lenga-lenga de sempre. Mas estaremos firmes e fortes até a vitória.

    ResponderExcluir
  3. Olha Pais fiquei sabendo que o Anastasia ia contratar o Tiririca para dar aula no lugar dos professores aqui em Minas como professor substituto viu.... Bricadeira de lado vai Anastasia paga logo o piso ou pelo menos senta e conversa ora tu nao é homem nao?

    ResponderExcluir
  4. Anastasia ironiza protesto de professores na cerimônia do Dia de Minas

    O governador Antônio Anastasia (PSDB) ironizou o protesto de cerca de 50 professores estaduais durante a cerimônia da entrega da Medalha do Dia de Minas, neste sábado, em Mariana, Região Central do estado.

    Os servidores vaiaram o governador na solenidade e usaram capuzes roxos em referência, segundo eles, à luta dos inconfidentes mineiros contra a dependência do Brasil à Cora Portuguesa. Perguntado sobre o traje dos profissionais da educação, Anastasia ironizou. "Achei que foi uma homenagem ao Harry potter. O governo desde o início demonstrou o que pode fazer. Estamos fazendo de acordo com aquilo que é possível", disse à imprensa.

    Os professores estão em greve desde 8 de junho e, em assembleia na última quinta-feira, decidiram manter a paralisação.

    È triste ver o Governo agir dessa forma, ter a capacidade de chamar trabalhadores de harry potter, prezado governador tenha mais respeito com a classe, tenha mais respeito pelo cidadão pois é graça a nos que você esta onde esta, quando queria voto nao agiu dessa forma, entao por favor nos poupe das suas ironias, vai trabalhar, vai pagar o piso logo, faz o seu trabalho e pronto, nao tera mais problemas, algum.

    Att nanda

    ResponderExcluir
  5. Cristina, Anastasia não se importa com o aluno da rede estadual. Se importasse, já teria anunciado o pagamento do piso (que é lei), trataria melhor os educadores, não demonstraria tanto descaso.

    Duas longas greves em seu governo, tudo por causa de pouco mais de R$1.000,00.Quando leio sobre o possível desvio de dinheiro da saúde para a Copasa, fico estarrecida!

    Trabalho honestamente, procuro o melhor para os alunos... Acho que mereço muito mais do que reivindicamos. Se ele quer aparecer, de verdade, é fazer valer o diálogo, cumprir a lei, apresentar a tabela e pagar o piso. Terminar esta greve dia 3.

    Os pais já estão falando que não tem que voltar. Temos que coninuar na luta até o fim. "Agora, é questão de honra" , disse-me uma mãe de aluno. E é mesmo. Ficarei até o fim.

    Pais de alunos querem o telefone da Renata Vilhena para cobrarem dela uma resposta urgente. Se você souber... por favor, passe. Urgente. ABC

    ResponderExcluir
  6. Primeiramente gostaria de parabeniza-la pelo blog,e gostaria de saber se realmente a senhora acredita que tudo se resolvera ate o dia 3,confesso-lhe que estou preocupado com a situação,ouvi alguns boatos que diziam que o governador não "queria saber de conversa".

    muito obrigado pela atenção.

    ASS:Um brasileiro preocupado com a situação de nosso pais.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada, Anônimo.

    Todos estamos preocupados com esta situação, menos o governo que está tentando jogar a população menos esclarecida contra os professores.

    Ele,o governo, é deveria está preocupado com tantos alunos sem aula durante tanto tempo.Mas parece que responsabilidade e compromissos não fazem parte da cartilha deste governo. Por que digo isto? Porque ele está descumprindo uma lei Federal e diz que não. Só que ele, não tem como provar isto, e vai até a mídia,gastando dinheiro público, dizendo que nossa greve é política.

    Como eu disse acima, o término da greve está nas mãos do Governo. Se dia 3 ele anunciar que pagará o que determina a lei, ou seja o PISO nacional do magistério, a greve acabará.

    É o que, nós professores, preocupados com a educação esperamos de um gestor politicamente coerente.

    Vamos ver até quando este governo vai continuar descumprimento lei e se escondendo por trás de propagandas enganosas.

    ResponderExcluir
  8. Olá professores
    eu acho que vcs estao certos em protestar por salários mais dignos.
    mas tbm acho que vcs nao tem o direito de atrapalhar a vida estudantil dos alunos do jeito que estao fazendo. axo que se vcs parassem para pensar um pouco veriam que nossas vidas estao completamente prejudicadas e atrasadas por causa desta tal greve. vcs nao podem fazer isso com agente.
    se vcs sao guerreiros eu sou o He-man.
    pensem direito no que vcs estao fazendo pois mutos inocentes estao saindo prejudicados com isso.

    ResponderExcluir
  9. Caro anônimo (14:14)

    Quem está fazendo tudo isto com vocês e a sociedade é o governo e não os professores.

    Estamos lutando por um direito, quem não cumpre a lei e não respeita os alunos, é o governo!

    como eu disse, o fim desta Greve está nas mãos do Governador Anastasia!!!

    ResponderExcluir
  10. Cris, hj ao comprar um super noticia me deparei com a seguinte materia tomando conta de uma pagina inteira no jornal. Publicado pela secretaria da educação sobre a greve. Texto totalmente ridiculo na minha opinião culpado o sindicato dos professores. Estou assim chocada com a capacidade desse povo viu, o sindicato nao pode ficar queito com isso tem dar a resposta a altura dessas barbaridades todas, se nao muitos vao pensar que o pobre coitado do Estado é bonzinho da historia vcs o lobo mal. fiz questao de digitar todo texto segue abaixo.

    ResponderExcluir
  11. Educação: em respeito à Verdade

    Tendo em vista as inverdades divulgada sobre a remuneração dos professores e em respeito à sociedade, aos profissionais da educação, aos estudantes e seus familiares, o Governo de Minas vem responder, publicamente, as perguntas mais freqüentes sobre o novo movimento grevista promovido pelo Sind-UTE:

    ResponderExcluir
  12. 1) O governo do Estado afirma que o valor do piso nacional dos professores é R$ 1.187,00 para 40 horas semanais. A direção do Sind-UTE diz que o valor é de r4 1.597,87. Afinal qual é o valor do piso nacional?
    Existe apenas um piso nacional no País, estabelecido pelo Governo Federal. Esse piso, no valor de R$ 1.187,00 para uma jornada de 40 horas semanais de trabalho, para professores com formação em nível médio, pode ser onferido no site oficial do MEC (WWW.mec.gov.br).
    Infelizmente, o Sind-UTE/MG falta com a verdade ao apresentar um valor (R$ 1.597,87) que corresponde, na realidade, a uma reivindicação do próprio sindicato, como se fosse o piso em vigor no País.
    Os sindicalistas tem o direito de não concordar com o valor do piso estabelecido pelo MEC para todo o País, mas não é correto dizer que ele não é cumprido em Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  13. 2) O Governo de Minas cumpre o piso fixado pelo Governo Federal?
    Minas paga acima do piso em vigor no Pais. O piso nacional fixado pelo MEC é R$ 1.187,00 para 40 horas semanais para professores com formação em nível médio. Em Minas, desde Janeiro, com a implantação do novo modelo remuneratório da educação, o menor valor pago a um professor é R$ 1.22,00 para 24 horas semanais de trabalho.
    A lei Federal n° 11.738, que regulamenta o piso salarial para os professores, assegura a proporcionalidade para as jornadas de trabalho. Assim, o valor pago pelo Governo de Minas aos professores com nível médio, é proporcional, 57,57% superior ao estabelecido pelo piso nacional.
    Alem disso, o Governo de Minas abriu concurso para preencher 21 mil vagas para profissionais da educação. O salário inicial para professores da educação básica com licenciatura plena é de R$ 1.320,00, para 24 horas semanais, valor proporcionalmente 85% superior ao piso nacional.

    ResponderExcluir
  14. 3) A adoção do novo modelo remuneratório em parcela única (subsidio), a partir de janeiro de 2011 promoveu reajuste salarial para os professores?

    Sim. Em função da carreira, aproximadamente 36% dos professores de educação básica tiveram aumento de ate 10%. Outros 41% tiveram reajuste entre 10 e 40%, cerca de 23% tiveram aumento de mais de 40% nos salários.

    ResponderExcluir
  15. 4) O novo modelo de remuneração também beneficia aposentados e designados?

    Sim.

    ResponderExcluir
  16. 5) Como foi o acordo que pôs fim à greve do ano passado?
    Na negociação que colocou fim à greve em 2010, o Governo cumpriu o acordo com a categoria e pagou antecipadamente as horas de trabalho, antes da efetiva reposição, numa demostração de confiança na palavra dos dirigentes sindicais. No entanto, os mesmo dirigentes sindicais descumpriram a sua parte no acordo e não orientaram os professores quanto a reposição das horas-aulas, de formar a assegurar que fosse cumprindo o total de horas pagas no acordo de greve. Ate hoje, mais de um milhão de horas –aula não foram repostas. Mesmo não comprometendo o padrão do ano letivo (200 dias), a ausência da reposição prejudicou a qualidade do ensino oferecido aos nossos alunos.

    ResponderExcluir
  17. 6) Com a greve atual, quantas escolas estão totalmente paradas em Minas Gerais?
    Antes do inicio do período de férias, apenas 2% das escolas estaduais tinha aderido totalmente à paralisação.

    ResponderExcluir
  18. 7) Os professores em greve terão descontos nos pagamentos dos dias não trabalhados?
    Como previsto na legislação, as faltas estão sendo lançadas e os dias não trabalhados não serão pagos, a não ser que haja um acordo e as aulas sejam integralmente repostas.

    ResponderExcluir
  19. 8) O governo de Minas já apresentou alguma proposta ao sindicato para por fim a greve?
    Em respeito aos alunos e as suas famílias, representantes do Governo de Minas participaram, no dia 14 de julho, de uma reunião com Sind-UTE, na presença de vários parlamentares. No encontro, a direção do sindicato comprometeu-se a levar para a categoria a proposta do Governo de não descontar os dias parados em junho, mediante a suspensão da greve ate o dia 20 de julho, data em que a folha de pagamento do Estado é feita.

    ResponderExcluir
  20. A partir da suspensão da greve, seriam retomadas as negociações em torno de alguns intens da pauta de reivindicações. Infelizmente, o Governo de Minas foi supreendido pela decisão da direção do sindicato de não submeter a proposta aos professores, a quem de fato caberia a decisão sobre o assunto.
    O governo de Minas lamenta a nítida motivação política dos dirigentes do Sind-UTE e reitera o seu compromisso de continuar buscando melhores condições de trabalho para os profissionais da educação e de defender os interesses dos alunos e de suas famílias – em especial, nesse momento, dos alunos do terceiro ano, que se preparam para prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não merecem ser prejudicados nesse passo decisivo para o seu futuro.

    ResponderExcluir
  21. Que o sindicato nao fique quieto com tudo isso e se manifeste o mais rapido possivel dessas barbaridaes att. Fernanda

    ResponderExcluir
  22. Vou escrever um texto respondendo a todas es perguntas logo mais a tarde.OK Anônimo!!

    Fiquei ou melhor, estou também indignada!!

    ResponderExcluir
  23. ola novamente professora.
    eu sei que o governo nao quer pagar o salario que é de direito dos professores. mas continuo achando que essa greve ja foi longe demais... estamos correndo o risco de perder o ano letivo por causa dela. eu creio que isso é desnecessário pois acredito que existam outros meios de reivindicar. peço novamente que reconsiderem a decisão de continuar em greve na assemblei que ocorrerá no dia 3.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo,

    Você tem toda razão quando diz que esta greve já foi longe demais. Também acho!É um absurdo o governo ficar enrolando para cumprir uma lei.

    Que vocês estão correndo o risco de perder o ano letivo... isto irá depender do governo também. Espero sinceramente não.

    Quando vc diz, que a greve é desnecessária e que existem outros meios...Eu pergunto: Quais????

    Quanto a votar pelo término da greve no dia 3, é tudo que mais quero fazer. Só que para isto acontecer o governo tem que anunciar que pagará o que determina a Lei. Só assim votarei pelo término da greve.

    Gostaria de esclarece que fazendo isto, não estamos indo contra os alunos não, viu??? Estamos também,como sempre, preocupados com vocês.

    Estamos ensinando pelo nosso exemplo, aos nossos alunos que, temos que lutar pelos nossos direitos, que lei é para todos cumprirem, que não se pode confiar em tudo que político diz, que precisam ser cidadãos críticos e....

    Espero que este governo irresponsável acabe com a greve no dia 3 para que possamos trabalhar. Todos nós estamos ansiosos para retornarmos para a escola.

    Obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir
  25. acho que vcs deviam acabar com essa greve que ja esta passando dos limites como muitos de vcs falam vcs ja são pós-graduados e nos os alunos estamos construindo a nossa estrada ta certo professor merece remuneração melhor mais vcs escolheram ser professores nao é entao por favor vote contra a greve dia 3 porque como eu ja ouvi vc dizer perder um ano é mto ruim.
    obrigado.
    ass: um ex aluno seu

    ResponderExcluir
  26. Isto mesmo ex-aluno!!Será muito ruim mesmo se os alunos perderem o ano letivo, mas esta decisão como também já disse é do governo e não dos professores. Veja quem está mentindo?? O governo ou os professores?
    leia o meu último post ou clique no link abaixo:
    http://blogdoeulerconrado.blogspot.com/2011/08/cade-meu-piso-governador.html
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  27. È muito facil culpar o lado mais fraco da historia pela greve, agora me digam é errado lutar pelos seus direitos?? È errado não querer ser mais feito de trouxa, palhaços, de bobos pelo Estado??? Os professores estão sendo lesados, roubados??? isso mesmo roubados, pois o que o governo faz é roubar um direito adquirido, previsto em lei e a educação destruida. Entao alunos, pais, cidadãoes, sociedade não cobre nem culpe as pessoas erradas pela greve. Culpe o Estado pois so ele tem o poder e o dever de acabar com a greve em Minas. Ele é o infrator, ele é o culpado, não se deixem influênciar por mais metiras, sejam cidadões criticos, opinativos, que tenha visão e percepção de onde realmente esta o erro, quem são os culpados. Vivemos em um país democratico, onde somente teremos realmente democracia se a sociede passar a acreditar em um país melhor, sendo mais participativos tudo aquilo que envolve a admnistração pública, pois é ela quem cuida do bem estar nosso ou pelo menos deveria, nos oferecendo serviços dignos e de primeira qualidade, pelo tanto que pagamos como tributos.

    Att Fernanda

    ResponderExcluir
  28. Fernanda,

    Muito obrigada por tudo!!!

    Você falou muito bem em nosso favor!!

    ResponderExcluir
  29. Cris,
    Enviei um email contando nossa situação para o CQC da Band, no Quadro Proteste Já. Não sei se você sabe, mas eles visitam as cidades com problemas e denunciam e mostram tudo na TV, é tudo que precisamos, não é? Um grande espaço na Mídia Televisiva de graça!
    ENTÃO CONVOCO AOS COLEGAS A ENVIAREM EM MASSA EMAILS PARA O SITE DO CQC!
    site: cqc.band.com.br
    Vamos colegas, quero que respondam aqui, confirmando o envio do email, ok?
    Um grande abraço e vamos torcer pra eles virem a BH!
    Ana

    ResponderExcluir
  30. Cris, se vc achar minha ideia válida, divulgue para o máximo de colega possíveis.

    Grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir
  31. Ana, boa ideia.

    Há mais ou menos 3 ou 4 semanas enviei vários twitters para eles pedindo para falarem das greves de professores em vários estados e eles colocaram um vídeo de um aluno na semana no ar. Não sei se viu!!!

    Vou enviar um e-mail agora mesmo!!!

    Vamos lá companheiros!!!! Agora temos prova contra o governo!!!

    Obrigada e um abraço!

    ResponderExcluir
  32. Ana, transcrevo aqui o meu "Proteste Já " no CQC

    Gostaria de denunciar o Governo de MG por não cumprir Lei 11.738/08 que instituiu o piso nacional do magistério. O governo mente descaradamente dizendo que paga acima do piso mas a realidade não é esta.Temos como provar isto com o nosso contracheque. Já estamos de greve desde o dia 8 de junho e ele nem quer negociar e gasta valores altos com propagandas falsas. Por aqui a imprensa é toda comprada não divulga nada nem apura a verdade. Estamos a mercê destes políticos, que não tratam a educação com o devido respeito e valor. Precisamos de socorro, alguém como vocês que não devem nada a ninguém, têm coragem para colocar a boca no trombone. Vejam no blog do Euler,abaixo, uma explicação clara do que está acontecendo por aqui. Venham nos ajude !!! Estamos apostando em vocês!!!

    http://blogdoeulerconrado.blogspot.com/2011/08/cade-meu-piso-governador.html

    Muito obrigada e aguardamos ansiosos por vocês aqui nas Minas Gerais .
    Cristina

    ResponderExcluir
  33. Ótimo Cris!
    Agora vamos passar a ideia para o máximo de colegas possíveis, principalmente na Assembléia de quarta-feira, o que vc acha?

    Um grande abraço e até a vitória se Deus quiser!

    Ana

    ResponderExcluir
  34. Aqui em Ipatinga depois de quase 2 meses de greve, o prefeito deu 10% escalonado(vai pagar até janeiro/2012 e os professores vão voltar amanhã. Que tristeza! Nadaram, nadaram e morreram na praia! Nada de PISO...
    Essa derrota vai nos prejudicar muito, pq com certeza, o infeliz do Anastasia vai se sentir fortalecido.

    ResponderExcluir
  35. Ana ja fiz minha manifestação la no CQC, boa ideia a sua viu. :)vamos la gente quanto mais pessoas mandarem melhor sera para chamar a atenção deles para estes problemas.

    ResponderExcluir
  36. Anônimo de Ipatinga,

    Anastasia não disso para se fortalecer...

    Nós é que temos a força!!!Estamos cientes dos nossos direitos e os professores que aderiram a greve estão conscientes e determinados a voltarem apenas com o PISO!!!

    Força ai companheiro, até amanhã, se não houver proposta: GREVE CONTINUA!!!

    ResponderExcluir
  37. Bom dia Cris, e a todos companheiros de luta, hoje é o dia da vitoria, estou presentindo isso, hoje a greve acaba e Anastasia finalmente cumpri com seus deveres de Politico, cumprindo a lei...

    "Quando Deus fecha uma porta, ele pode estar abrindo uma janela."

    Ele com certeza esta abrindo essa janela hoje tocando no coração desses politicos, da Renatinha e todos que forem necessarios para que a greve acabe.

    Força companheiros, tenhamos esperança que essa batalha esteja chegando ao final e com um belo final Feliz para todos.

    Entao força na peruca, avante ate o piso salarial.

    Att fernanda

    ResponderExcluir
  38. Bom Cris, todos estão loucos mesmo, pois o governo não vai dar o que todos querem, muito menos esse montante de dinheiro para os professores pois com a policia foi difícil e teve que ter uma negociação muito forte e representatividade ou seja tudo que a sua classe não tem, ou seja vão nadar pra morrerem na areia.E voçê já viu que todos os seus comentários são anônimos mesmos os que estão a favor da sua causa, a sua class nunca irá conquistar o que quer, sinto muito, fui

    ResponderExcluir
  39. Olá Cris

    Acabei de postar esse mesmo comentário no Blog do Euler, veja:

    ------------
    Olá Euler e caros companheiros
    ATENÇÃO !!!

    O único jornal que teve CORAGEM de divulgar sobre a greve está sendo o MINAS URGENTE - Paulo Leite:

    TWITTER

    Minas Urgente
    MinasUrgente
    Você acha Justa a Greve dos Professores Estaduais de Minas que já dura quase dois meses? Mande sua mensagem pra gente. 14:00
    http://www.bandmg.com.br/minasurgente/programa.php E AINDA

    Professores da Rede Estadual de Ensino decidiram em reunião manter paralização. 14:00 #Band
    2 hours ago · reply · retweet · favorite

    E o mais estranho o sinal de transmissão esta fora do ar, sem sinal. Assim que foi anunciado sobre a GREVE DOS PROFESSORES. Por quê será!?

    ABRAÇOS e estamos juntos até a vitória.

    Profº Gleiferson Crow

    ResponderExcluir
  40. Caro Anônimo das 09:04,

    Somos funcionários públicos de um Estado que tem um ditadorzinho metido a Hitler(perseguidor) e por isso muitos não se identificam. Entendeu agora querido? Mas, pode ter certeza que estamos unidos em torno da mesma causa, se tiver dúvida, compareça a uma das nossas assembléias para se certificar, vc está convidadíssimo.
    Ana de BH.

    ResponderExcluir
  41. Obrigada Ana por responder para mim ao nosso 'visitante" anônimo!!!

    Tem momentos que prefiro o silêncio!!!

    Muito obrigada,esta sua atitude vem nos mostrar mais uma vez o quão estão unidos os que lutam!!!

    Um abraço!!! E ao Anônimo, reafirmo o convide para próxima Assembleia dia 9/8 às 14:00 no pátio da ALMG!!

    ResponderExcluir
  42. João Paulo Ferreira de Assis4 de agosto de 2011 21:54

    Prezada amiga Cris

    Você já observou que afundar a escola pública, menosprezar os professores faz parte de uma estratégia dirigida pelo governo do Estado?

    Observe um detalhe: quais são as escolas que são mais assaltadas, depredadas, têm furtados computadores, datashows entre outras coisas? Respondo são as escolas públicas. Você já viu notícia de alguma escola particular que tivesse sido assaltada? Nem aquelas que ficam em locais ermos são alvo dos ladrões. A PMMG não faz nada (até parece que tem ordens da Cidade Administrativa para não prender os ladrões e nem recuperar os objetos furtados das escolas públicas) Sabe para que isso? Para que o pobre não tenha aulas de qualidade e não possa ascender na vida. A escola pública vítima de furto de material didático leva algum tempo para repô-lo. Se a escola particular sofrer atentado igual, no dia seguinte o material já está reposto. Não vou estranhar nem um pouco se descobrirem que alguém do governo manda furtar as escolas só para privar a gente pobre das aulas de qualidade.

    ResponderExcluir
  43. JOÃO PAULO,

    Você tem toda razão, infelizmente.

    O que podemos verificar pelos atos dos nossos governantes e mesmo do judiciário é um completo descaso para com a educação de um modo geral.

    Muito boa a sua observação, colocação e colaboração !

    ResponderExcluir
  44. Esse governo nao quer saber da educaçao dos jovens .. Não param de falar que nao tem profissionais capacitados , que isso , que aquilo .. Mas na hora de educar eles nao estao nem ai ! Tem alunos que se perderem esse ano pode ter avida toda afetada e não só um ano , eles não tem conciencia disso nao ?! Eu tenho vergonha de ser brasileira , esse país só envergonhar a quem vive nele !

    ResponderExcluir
  45. Anônimo das 23:45,

    Você tem toda razão em estar indignado!
    É muito triste perceber o descaso para com a educação e nossos jovens!!

    Esse governo é um irresponsável!!!Fora da lei!!

    ResponderExcluir