quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Final de ano nas Escolas Estaduais de MG


Geralmente o final de ano nas escolas é marcado por um período de euforia tanto de alunos como professores e funcionários.

Momento de confraternizações, de projetos para o próximo ano, de alegria, de sonhos...

Mas o que vemos este ano não é bem este quadro. Mas não é por culpa dos educadores, não!!

O governo, a Secretaria de Educação, as Metropolitanas não sabem o esforço que os gestores escolares, os profissionais da escola fazem para que o ambiente da escola seja o mais agradável possível!!!

Eles não se preocupam, nunca se preocuparam com o bem estar dos seus profissionais , somos tratados piores que uma máquina de xérox!!

O que vivenciamos neste final de ano nas escolas???

Profissionais doentes, tristes, decepcionados, frustados, desolados, desestimulados, sofridos, cansados, arrasados moral e fisicamente.

Profissionais que não acreditam no que está acontecendo com a educação pública.

Profissionais que rezam para a aposentadoria sair!

Profissionais que buscam novas profissões apesar de terem escolhido a Educação por opção.

Tudo isto por quê????

Porque temos um governo cruel, fora da lei, um governo ditador, autoritário, que não governa com seriedade e compromisso.

Temos um GOVERNO INCOMPETENTE ADMINISTRATIVAMENTE!!! Temos um governante que abusa do poder público para mentir para a sociedade gastando milhões com propagandas enganosas e manipuladoras!

Temos um Governo que rouba descaradamente os educadores e a JUSTIÇA nada faz!!

Por falar em Justiça, ela realmente existe neste País fora de lei???

O que deveria ser um encerramento do ano letivo de 2011 está sendo na verdade o encerramento do 3º bimestre na maioria das escola públicas de MG que não se curvaram aos desmandos do governo Anastasia e sua tropa e resistiram e lutaram até o último momento contra a destruição das carreiras da educação.

Nós educadores, que não desistimos dos nossos direitos, estamos sendo massacrados, punidos por termos lutado por um direito garantido por lei.

Mas se o governo pensa que vamos desistir, está muito enganado. Perdemos a batalha mas a guerra está só começando...


.

5 comentários:

  1. Seu texto foi brilhante, é tudo isso que esta acontecendo nas escolas neste final de 2011.Desanimo e tristeza....
    Mas....nunca desistir, buscar sempre a energização em coisas boas como a nossa família e depois continuar. Bom Natal para todos que visitam este espaço maravilhoso que é o seu blog. Abraço

    ResponderExcluir
  2. OLá Cris! Saudade! Anda tão calada!
    Aliás todos nós estamos tendo o pior final de ano das últimas décadas. Certamente será esse nosso Natal mais triste, pois nem saúde temos depois de tanta injustiça.
    Não podemos esquecer que 51 deputados são responsáveis por esse fato.
    E..nós não vamos deixar barato!

    ResponderExcluir
  3. Todo mundo está cansado mesmo, decepcionado, desiludido, mas com esperança de que isto tudo mude para melhor. Um bom Natal a todos e um ano novo repleto de conquistas e saúde.

    ResponderExcluir
  4. Boas notícias no blog da Bia!

    ResponderExcluir
  5. João Paulo Ferreira de Assis19 de dezembro de 2011 23:56

    Todos nós estamos cansados, desanimados. Sentimo-nos perseguidos. Tentei, nas horas de folga pesquisar a História do Município de Carandaí, para o livro que estou escrevendo. Quinta-feira dia 15 de dezembro peguei o Livro n° 3, de projetos de lei (1962-1972)e na folha 9 verso eu me deparei com uma injustiça gritante praticada contra as professoras, no PL 427, de 27 de março de 1963:
    ''Cada professora rural somente perceberá seus vencimentos à vista de atestado de frequência cumprido, assinado pelo Inspetor da Escola Municipal''.
    Pois bem, vocês acreditam que o governo do município punha dúvidas sobre a assinatura do inspetor, só para sonegar à professora o direito dela?
    Não preciso dizer que a minha desilusão aumentou. Fico revoltado com essa falta de confiança nos professores. A palavra de um bandido, pelo que vejo tem mais valor.

    ResponderExcluir