segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Análise da fala do Governador por Ana Rosa Silva

O repórter Paulo Leite do Minas Urgente sempre fala sobre a greve dos educadores de maneira mais imparcial e cobra à sua maneira uma solução do Governo . É um dos únicos, que permite a participação ao vivo dos telespectadores pelo twitter.
Eu sempre participo do programa que vai ao ar todos os dias às 14horas na Band.



Abaixo, posto a análise de uma companheira e mais nova amiga de twitter Ana Rosa Silva, que também está na luta pelo cumprimento do PISO!!


Análise do PRONUNCIAMENTO do Governador ANASTASIA, por uma professora indignada com tanta mentira e manipulação, mesmo pra um político brasileiro, desculpem-me os políticos honestos que ainda temos.


“Conduta desse governo com os servidores públicos do Estado tem sido de muito respeito”


Que respeito é esse que tira dos servidores todas as conquistas conseguidas ao longo dos anos e através de muita luta. Muito me admira a declaração do PROFESSOR Antonio Anastásia, a única coisa que ele não teve nesse pronunciamento todo, foi respeito.


“nós nos esforçamos muito para conferir as conquistas históricas dos servidores públicos que felizmente hoje eles usufruem, conseguimos pagar os salários no 5º dia útil, conseguimos pagar integralmente o 13º salário no mês de dezembro de cada ano”


Tudo o que está sendo dito acima nada mais é que o cumprimento de alguns deveres por parte do Governo. O problema é que esse governo diz garantir direitos mas, se quer cumpre com todas as suas obrigações, visto o piso também é obrigação do governo e isso ele se recusa a pagar.


“ A remuneração do sistema da educação em Minas Gerais é um sistema muito antigo, é um sistema na realidade que existe há muitas décadas, e esse sistema é um sistema pouco claro, é um sistema que não permite uma clareza total em relação a remuneração como um todo, ele se compõe de um vencimento básico acrescido de diversas parcelas, diversas gratificações e adicionais formando um verdadeiro emaranhado remuneratório de difícil compreensão e que leva também há muitas dúvidas de natureza jurídica e de interpretação e até mesmo de difícil aplicação pelo sistema da Secretaria da Educação e do Planejamento”


Esse sistema antigo e cheio de penduricalhos funcionou bem até a aprovação da LEI do PISO, só depois passou a ser de difícil entendimento. É justo aí que fica a questão o PISO é VENCIMENTO BÁSICO, sobre o qual ainda tem que ser pagas toas as gratificações e todos os adicionais, enquanto SUBSÍDIO é junção de toda a remuneração, inclusive esses “penduricalhos”, ficou claro por que o governo agora acha o sistema antigo difícil de ser entendido? Para mim, mais claro impossível. Aí o Sr Governador vem falar de respeito...


“o estado realizou um acordo com o SINDUTE e apresentou a Assembleia Legislativa que também aprovou uma nova sistemática de remuneração para os Servidores da Educação em Minas Gerais através de uma parcela única mais clara de maneira mais objetiva”


Aqui temos mais mentiras e desmandos, esse acordo com o SindUte, eu me lembro muito bem que o governo armou um circo chamado de comissão para estudar as maneiras de melhorar a remuneração, essa comissão era composta de membros da SEPLAG da SEE e do SindUte, o prazo para as negociações ainda não tinham acabado quando o governo divulgou o novo projeto de lei que instituía o Subsídio. Usou de má fé para acabar com uma greve que estava prejudicando sua candidatura criando a dita comissão e passou a perna nos professores que agiram com a boa fé que esse mesmo governo diz esperar nas negociações.


“a lei federal determina para o ingresso no nível médio de escolaridade o valor de 1187,00 por 40 horas semanais a nova norma do subsídio em Minas determinou o valor de 1122,00 para 24 horas semanais, ou seja, 57% a mais do que aquele valor estabelecido no piso salarial”


Fazer essa comparação sem mencionar que piso é só salário base e que subsídio engloba todos os benefícios é agir de má fé com o povo. Sou PEB3D na carreira antiga, meu salário proporcional ao PISO seria: Vencimento básico: 1030,00 + 20% de pó de giz + 10% de quinquênio + 20% de Biênio, num total de 1545,00, no subsídio fui posicionada como PEB1A com remuneração de 1324,00, isso sem mencionar que no subsídio não tenho direito a biênios e quinquênios. Difícil fazer as contas?


“com base em indicadores, do próprio Governo federal nós conseguimos obter o primeiro lugar no IDEB para o ensino básico nas suas primeiras séries, e uma posição de destaque entre os Três primeiros igualmente em relação as outras séries do ensino fundamental e médio entre nós da mesma forma temos hoje um indicador de 86% das nossas crianças de oito anos lêem e escrevem com fluência, conseguimos indicadores também muito bom nas nossas olimpíadas nacionais, que de matemática quer de português, tudo isso graças ao esforço de toda a comunidade escolar, das famílias e especialmente dos professores”


Essa foi a única verdade dita nesse pronunciamento, apesar de muito mal remunerado e de sempre ser tratado com desrespeito por esse governo, o professorado mineiro sempre se preocupou com a educação e com seus alunos a confirmação está no resultado do IDEB que não tem mérito nenhum do governo.


“o SindUte iniciou um movimento, por diversas motivações, esse movimento teve inicialmente um pedido de reajuste de 300% sobre a remuneração, repito, 300% sobre a remuneração dos servidores do quadro do magistério, resultou daí uma paralisação parcial, essa paralisação parcial encontra-se hoje com os seguintes números: 1,5% das escolas estão totalmente paralisadas, cerca de 19% parcialmente paralisadas, o que significa que 90% dos professores estão regularmente em sala de aula”


O SindUte não iniciou o movimento ele só representa uma classe sempre deixada de lado e passada pra trás pelo governo, se estamos exigindo o PISO, pelas contas do próprio governo não exigimos os 300% que ele afirma, só se ele reconhecer que o que paga é um terço do que deveria se pagasse o piso. E, se a paralisação parcial fosse realmente tão pequena não estaria preocupado e nem tentando contratar substituto, pois o impacto seria mínimo. Não vou discutir aqui os motivos de quem não tá na greve, mas com certeza medo é um deles.Compromisso todos temos com a educação, o único a provar que não liga é nosso querido Governador.


“e nessa boa fé o governo voltara a solicitar ao seu procurador geral de justiça, chefe do ministério público do estado que convide o sindicato e o governo para chegarmos a uma posição de equilíbrio”


Aqui chegamos ao ápice... boa fé só existe por parte dos professores, isso o governo já deixou claro. Pedir ao MP que sirva novamente de mediador é outra piada, o MP deveria fazer com que o Governo cumprisse sua maior obrigação hoje: PAGAR O PISO.


Ana Rosa Silva.



Agradeço a colaboração da professora Ana Rosa Silva



Comentários:


Educadora de Contagem disse...

Pagar o nosso salário no 5º dia útil do mês( simplesmente o governo NÂO está nos fazendo nenhum favor) Ele está cumprindo LEI.
Essa é boa, toda vez nossos governantes colocam essa lenga lenga nos nossos ouvidos. Eles colocam esse pagamento, como se estivessem nos fazendo um favor. Ora essa!!!
Cumpra a lei do PISO governador!!!!

Anônimo disse...

"Com a contratação de substitutos para os grevistas abre-se um precedente perigoso, uma vez que qualquer categoria que entar em greve terá substituto. Imaginem policiais em greve e contratndo substitutos. Juízes em greve e contratando substitutos, metalúrgicos em greve e contratando substitutos. Ou será que só a sucateada educação vai permitir isso. Não precisam responder. Na educação QUALQUER UM PODE SUBSTITUIR."

João Paulo Ferreira de Assis disse...

Prezada amiga e companheira Professora Cristina

Com sua devida vênia transcrevo comentário feito no Blog do Euler:

João Paulo Ferreira de Assis disse...
Prezado amigo Professor Euler

O Anastasia está aprontando mais uma com os professores. Estamos prestando atenção na greve e o governo dele pressionando prefeitos a municipalizar escolas estaduais.
Li isto no remediosmg, o site da minha terra, que é do meu primo Sérvulo Geraldo da Silveira, o Servinho. Estourou uma bomba em Senhora dos Remédios: a municipalização da Escola Estadual Dona Urquiza Diniz Chagas, no Distrito de Palmital dos Carvalhos. Lá fiz um comentário que aqui vai transcrito, com a sua devida vênia:

Então o Ginásio do Palmital vai ser municipalizado? Já passei por isso. Os efetivos da escola ficarão adjuntos e o Estado deverá pagar os seus vencimentos. Assim creio eu. Talvez se faça o mesmo com os efetivados pela Lei 100. Os designados, estes já serão contratados pela Prefeitura.
Sei disso, porque eu fui adjunto na Prefeitura de Ressaquinha de 1998 a 2000.
Isto se esta municipalização for nas mesmas regras da de 1997.
Não duvidem da Prefeita que alega estar sendo pressionada, porque sei como isto é. A SRE deve ter pressionado mesmo. Sem contar que depois que o Acórdão foi publicado Anastasia está em palpos de aranha. Tem que PAGAR OU PAGAR. E esta municipalização talvez seja para o Estado economizar dinheiro, porque apesar de ele ter que pagar os vencimentos dos efetivos, estes só usufruem de férias prêmio se o município aceitar pagar um professor no lugar.

Saudações, e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

João Paulo Ferreira de Assis.

29 de agosto de 2011 16:10

Cristina Costa disse...

Ai, João Paulo, mais esta agora!!!

Camila Darós disse...

Parabéns tia Ana Rosa! Adorei os comentários. Que as pessoas reflitam e também enxerguem toda essa mentira e que os professores se unam para mudar isso. Se for preciso greve, então façam greve. Estamos em greve nos IF's há quase um mês e o governo está começando a se posicionar. Abraço.
Camila.

João Paulo Ferreira de Assis disse...

Prezada amiga Professora Cristina

Lá na minha terra disseram que a prefeita é que pediu para o Anastasia municipalizar a escola. Teve uma tal de Ana, que deve ser anastasista que me respondeu que tinha sido a prefeita que eu tanto defendo. Aí eu respondi para ela:

E naturalmente o Governo de Minas vai atender, e o Governador que foi muito bem votado aí, vai agradecer à prefeita por isso. E vai municipalizar mais do que depressa, pois ele não sabe o que fazer com o Acórdão do STF. É PAGAR OU PAGAR.

Já que foi a prefeita que pediu, ele também PODIA TER DITO QUE NÃO ACEITAVA QUE O MUNICÍPIO ASSUMISSE A ESCOLA. AUTORIDADE PARA ISSO ELE TEM, E ATÉ PARA DESOBEDECER LEI FEDERAL.

Lamento por quem vai ficar adjunto no município.

Como você viu eu dei uma pisada naqueles reaças da oposição remediense, com um sapato ferrado. Pisei bem no calo deles, pois lá eles babam o ovo do Anastasia e do Lafaiete Andrada.

Saudações, e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

João Paulo Ferreira de Assis disse...

Prezada amiga e companheira de luta Professora Cristina

Queira perdoar-me, usei um termo impróprio no comentário anterior.

João Paulo Ferreira de Assis.

Anônimo disse...

Está sendo divulgado no facebook:
divulgue aqui também NO DIA 31/08, VAMOS FAZER ESFORÇO PARA DEMONSTRAR NOSSA INSATISFAÇÃO !!!!

SAIA DE PRETO, EM LUTO PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA/MINEIRA E COM UMA PANELA NA MÃO PARA FAZERMOS UM GRANDE PANELAÇO NAS RUAS DE BELO HORIZONTE!!!!!
Assembleia 14h

.

Piso já provocou 5.000 ações

http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=180885,OTE&IdCanal=


Ana disse...

Cris,
Assim que vc souber notícias sobre a reunião de hoje do sindicato com o MP, posta aqui pra gente, tá?
Nós do interior dependemos dos blogs pra termos informações do que acontece aí.
Muito obrigada.
Ana

Anônimo disse...

Ai Cris,
Que silencio é esse? E a reunião do sindicato com o MP hj? Estamos ansiosos por notícias.

10 comentários:

  1. Educadora de Contagem29 de agosto de 2011 17:19

    Pagar o nosso salário no 5º dia útil do mês( simplesmente o governo NÂO está nos fazendo nenhum favor) Ele está cumprindo LEI.
    Essa é boa, toda vez nossos governantes colocam essa lenga lenga nos nossos ouvidos. Eles colocam esse pagamento, como se estivessem nos fazendo um favor. Ora essa!!!
    Cumpra a lei do PISO governador!!!!

    ResponderExcluir
  2. "Com a contratação de substitutos para os grevistas abre-se um precedente perigoso, uma vez que qualquer categoria que entar em greve terá substituto. Imaginem policiais em greve e contratndo substitutos. Juízes em greve e contratando substitutos, metalúrgicos em greve e contratando substitutos. Ou será que só a sucateada educação vai permitir isso. Não precisam responder. Na educação QUALQUER UM PODE SUBSTITUIR."

    ResponderExcluir
  3. João Paulo Ferreira de Assis29 de agosto de 2011 17:42

    Prezada amiga e companheira Professora Cristina

    Com sua devida vênia transcrevo comentário feito no Blog do Euler:

    João Paulo Ferreira de Assis disse...
    Prezado amigo Professor Euler

    O Anastasia está aprontando mais uma com os professores. Estamos prestando atenção na greve e o governo dele pressionando prefeitos a municipalizar escolas estaduais.
    Li isto no remediosmg, o site da minha terra, que é do meu primo Sérvulo Geraldo da Silveira, o Servinho. Estourou uma bomba em Senhora dos Remédios: a municipalização da Escola Estadual Dona Urquiza Diniz Chagas, no Distrito de Palmital dos Carvalhos. Lá fiz um comentário que aqui vai transcrito, com a sua devida vênia:

    Então o Ginásio do Palmital vai ser municipalizado? Já passei por isso. Os efetivos da escola ficarão adjuntos e o Estado deverá pagar os seus vencimentos. Assim creio eu. Talvez se faça o mesmo com os efetivados pela Lei 100. Os designados, estes já serão contratados pela Prefeitura.
    Sei disso, porque eu fui adjunto na Prefeitura de Ressaquinha de 1998 a 2000.
    Isto se esta municipalização for nas mesmas regras da de 1997.
    Não duvidem da Prefeita que alega estar sendo pressionada, porque sei como isto é. A SRE deve ter pressionado mesmo. Sem contar que depois que o Acórdão foi publicado Anastasia está em palpos de aranha. Tem que PAGAR OU PAGAR. E esta municipalização talvez seja para o Estado economizar dinheiro, porque apesar de ele ter que pagar os vencimentos dos efetivos, estes só usufruem de férias prêmio se o município aceitar pagar um professor no lugar.

    Saudações, e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

    João Paulo Ferreira de Assis.

    29 de agosto de 2011 16:10

    ResponderExcluir
  4. Parabéns tia Ana Rosa! Adorei os comentários. Que as pessoas reflitam e também enxerguem toda essa mentira e que os professores se unam para mudar isso. Se for preciso greve, então façam greve. Estamos em greve nos IF's há quase um mês e o governo está começando a se posicionar. Abraço.
    Camila.

    ResponderExcluir
  5. João Paulo Ferreira de Assis29 de agosto de 2011 21:24

    Prezada amiga Professora Cristina

    Lá na minha terra disseram que a prefeita é que pediu para o Anastasia municipalizar a escola. Teve uma tal de Ana, que deve ser anastasista que me respondeu que tinha sido a prefeita que eu tanto defendo. Aí eu respondi para ela:

    E naturalmente o Governo de Minas vai atender, e o Governador que foi muito bem votado aí, vai agradecer à prefeita por isso. E vai municipalizar mais do que depressa, pois ele não sabe o que fazer com o Acórdão do STF. É PAGAR OU PAGAR.

    Já que foi a prefeita que pediu, ele também PODIA TER DITO QUE NÃO ACEITAVA QUE O MUNICÍPIO ASSUMISSE A ESCOLA. AUTORIDADE PARA ISSO ELE TEM, E ATÉ PARA DESOBEDECER LEI FEDERAL.

    Lamento por quem vai ficar adjunto no município.

    Como você viu eu dei uma pisada naqueles reaças da oposição remediense, com um sapato ferrado. Pisei bem no calo deles, pois lá eles babam o ovo do Anastasia e do Lafaiete Andrada.

    Saudações, e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

    ResponderExcluir
  6. João Paulo Ferreira de Assis29 de agosto de 2011 21:26

    Prezada amiga e companheira de luta Professora Cristina

    Queira perdoar-me, usei um termo impróprio no comentário anterior.

    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  7. Está sendo divulgado no facebook:
    divulgue aqui também NO DIA 31/08, VAMOS FAZER ESFORÇO PARA DEMONSTRAR NOSSA INSATISFAÇÃO !!!!

    SAIA DE PRETO, EM LUTO PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA/MINEIRA E COM UMA PANELA NA MÃO PARA FAZERMOS UM GRANDE PANELAÇO NAS RUAS DE BELO HORIZONTE!!!!!
    Assembleia 14h

    ResponderExcluir
  8. Cris,
    Assim que vc souber notícias sobre a reunião de hoje do sindicato com o MP, posta aqui pra gente, tá?
    Nós do interior dependemos dos blogs pra termos informações do que acontece aí.
    Muito obrigada.
    Ana

    ResponderExcluir
  9. Ai Cris,
    Que silencio é esse? E a reunião do sindicato com o MP hj? Estamos ansiosos por notícias.

    ResponderExcluir