sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A última piada do governo Anastasia...


A cada hora, uma conversa pra boi dormir...

Renata Vilhena está se superando...

A última que o governo soltou...

Piso salarial nacional pode ser pago aos professores de forma escalonada


Deixem comentários...

Meu comentário:

Só faltava esta agora!!!

Escalonada deve ser a saída destes incompetentes do governo.

Queremos nosso PISO já e o retroativo também.

AH!!! Ela deve está falando do atrasado.

Este sim, podemos estudar esta possibilidade, eu disse estudar, isto porque, nós professores pensamos nos alunos, coisa que o governo não fez, nem esta fazendo.

Escalonar é mais uma piada das muitas sem graças que esta secretaria de planejamento está soltando esses dias... Este piso foi aprovado em 2008 para ser aplicado no máximo até janeiro de 2010. Todos os governos tiveram tempo para se adequarem a lei.

Agora, eu nem meus colegas podemos esperar.

Já esperamos muito, já sofremos muito, já passamos por várias provações, já tivemos que engolir um subsídio (venenoso, e maléfico) agora, queremos o que é nosso e o mais rápido possível.

Essa Renata Vilhena consegue me surpreender a cada entrevista. Impressionante o seu arsenal de maldade para com os educadores!! Socorro!!!


Lei de responsabilidade Fiscal x lei do PISO Nacional

I) Não há conflito entre as duas Leis porque cada qual deriva de comandos constitucionais diversos;

II) A Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece normas de finanças públicas direcionadas à gestão fiscal, enquanto a Lei nº 11.738/2008 trata da reserva legal para fixação do piso dos profissionais do magistério público;

III) Se, ao implantar o piso salarial, a despesa total com pessoal ultrapassar o limite de gastos estabelecidos pela LRF, deve a administração pública adotar medidas para corrigir o desequilíbrio fiscal;

IV) Essas medidas estão previstas na própria LRF, quais sejam, eliminação do percentual excedente nos dois quadrimestres seguintes, sendo pelo menos 1/3 no primeiro.

Fonte:

http://www.isurubim.net/2011/07/tce-responde-consulta-da-prefeitura-de.html



MEC diz que Estado está obrigado a cumprir a lei

O Ministério da Educação (MEC) foi procurado ontem pela reportagem de O TEMPO para esclarecer como deverá ficar a situação dos professores mineiros diante da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu o piso nacional de R$ 1.187,97. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, assim como outros Estados, Minas está obrigado a cumprir a lei 11.738, que definiu a remuneração.

No entanto, segundo o MEC, cabe ao Ministério Público Estadual (MPE) fiscalizar o cumprimento da lei.

Ontem, pelo terceiro dia consecutivo, o MPE se esquivou de comentar o assunto. A assessoria do órgão informou apenas que a promotora Maria Elmira Dick, que até então intermediava as negociações entre sindicato e governo, não está mais no caso. Segundo a assessoria, somente o procurador geral Alceu José Torres Marques irá se pronunciar, o que não aconteceu até noite. (TT)


Fonte: http://www.otempo.com.br/otempo/noticias/?IdNoticia=180687



Comentários:

ABC disse...

Cris...
Acostumei-me com a greve, com o encontro semanal com a galera de luta, com as conversas diárias via net, com o assunto. Adoro fazer caminhadas, uma vez por semana, pelas ruas de nossa capital. Adoro as atividades surpresa. Estou aprendendo tanto e tanto... Não preciso voltar agora. Cortei gastos, já estou quase igual a um monge budista, se bem que hoje comprei uma blusinha nova. Não resisti!!!
A greve continua até o governo conversar seriamente conosco e cumprir a lei: PAGAR O PISO.
O que esta sra Renatinha faz para manter o emprego dela, hem??? Se fosse concursada, não faria papel tão triste! Em uma grande empresa, sei não... ela não ficaria. Talvez por isso esteja fazendo este triste papel.
Agora quer fazer contas!!! Teve dois anos para isto e ainda não fez??? O que ela ficou fazendo durante este tempo todo??? Menina rebelde. Vai tomar bomba, hem? Na avaliação de desempenho terá nota baixíssima e ainda contribuirá p que as metas não sejam alcançadas. Ô dó!
Se ela entrar nos blogs da greve (kkkk) terá tudo pronto e... de graça. Não serão necessárias horas e horas (eles recebendo, claro, porque não são como nós, não trabalham de graça).
Bem, como lei é lei, não aceito parcelar. Ainda mais que a dívida está atrasada, deve ser paga com juros e daqueles bem altos.
NÃO QUERO NADA ALÉM DO QUE ME É DE DIREITO. PISO SALARIAL JÁ!!! abc

Cristina Costa disse...

Seu Comentário foi no mínimo brilhante ABC!!!

Quando comecei a ler ese comentário já sabia que era seu!!!rsrsrsrrs,,... conheço seu senso de humor!!!

Também quero o que é meu de direito!! E o mais rápido possível!!

Débora Martins disse...

Oi Cris, venho aqui todos os dias, só não costumo postar. Não consigo dormir antes de passar aqui e no Euler, além de nos mantermos informamos podemos até dar umas boas risadas de seres como a "gorgonzola" e a "Mu-ha". Sou professora de português, Mu-ha seria reprovada; Escalonar? tsc tsc, ela não possui a habilidade mínima expressa pelo descritor D7(para o ciclo inicial) - identificar o conceito da palavra -, muito menos o D2 (para o fundamental II) que é identificar uma informação EXPLÍCITA no texto:
"1. Perda parcial do objeto desta ação direta de inconstitucionalidade, na medida em que o cronograma de aplicação escalonada do piso de vencimento dos professores da educação básica se exauriu (arts. 3º e 8º da Lei 11.738/2008). "
EXAURIU!!!!!!!!
Burrinha burrinha, ops! Desprovida de competências....
Ah conversa pra boi dormir, quer nos engabelar, mas vai quebrar a cara de novo! Escalonar só se for o retroativo, porque como você bem disse, ao contrário do governo, nos preocupamos com os nossos alunos, aliás, só nós mesmos, porque infelizmente nem governo nem a maioria dos pais cumprem o seu papel.
Grande abraço1
Débora
Escalonar

27 de agosto de 2011 00:31

Anônimo disse...

Com certeza, é uma piada enorme! Piada maior ainda será o sindicato aceitar isso! Aí sim vai causar a revolta dos educadores de minas! Greve de mais de 80 dias para PISO ESCALONADO????????NINGUÉM MERECE!!!!!!!SÓ OS MILITARES MESMO!!!!!!

27 de agosto de 2011 01:34


Educadora de Contagem disse...

Cris,
Concordo e assino embaixo de tudo que você escreveu.O governo têm que nos pagar tudo que ele nos deve. Não aceito pagamento de forma escalonada, aliás nenhum servidor aceita mais essa embromação por parte de nosso governante.
Quero tudo que é meu, somente meu, e ainda acrescidos de juros. O mês corrente estou passando por dificuldades, minha despensa quase vazia, mas um coração cheio de ansiedade e esperança num futuro bem melhor e também com o coração renovado de energia, pois com a conquista do PISO saberemos que somos mais respeitados por toda a sociedade.
Um grande abraço!!!
Educadora de Contagem

27 de agosto de 2011 08:17


João Marcos disse...

Escalonado só se for a parte retroativa a partir de 01 de janeiro de 2010 que pode ser dividida até 12 vezes(sugestão).
João Marcos

27 de agosto de 2011 10:57



.

7 comentários:

  1. Cris...
    Acostumei-me com a greve, com o encontro semanal com a galera de luta, com as conversas diárias via net, com o assunto. Adoro fazer caminhadas, uma vez por semana, pelas ruas de nossa capital. Adoro as atividades surpresa. Estou aprendendo tanto e tanto... Não preciso voltar agora. Cortei gastos, já estou quase igual a um monge budista, se bem que hoje comprei uma blusinha nova. Não resisti!!!
    A greve continua até o governo conversar seriamente conosco e cumprir a lei: PAGAR O PISO.
    O que esta sra Renatinha faz para manter o emprego dela, hem??? Se fosse concursada, não faria papel tão triste! Em uma grande empresa, sei não... ela não ficaria. Talvez por isso esteja fazendo este triste papel.
    Agora quer fazer contas!!! Teve dois anos para isto e ainda não fez??? O que ela ficou fazendo durante este tempo todo??? Menina rebelde. Vai tomar bomba, hem? Na avaliação de desempenho terá nota baixíssima e ainda contribuirá p que as metas não sejam alcançadas. Ô dó!
    Se ela entrar nos blogs da greve (kkkk) terá tudo pronto e... de graça. Não serão necessárias horas e horas (eles recebendo, claro, porque não são como nós, não trabalham de graça).
    Bem, como lei é lei, não aceito parcelar. Ainda mais que a dívida está atrasada, deve ser paga com juros e daqueles bem altos.
    NÃO QUERO NADA ALÉM DO QUE ME É DE DIREITO. PISO SALARIAL JÁ!!! abc

    ResponderExcluir
  2. Seu Comentário foi no mínimo brilhante ABC!!!

    Quando comecei a ler ese comentário já sabia que era seu!!!rsrsrsrrs,,... conheço seu senso de humor!!!

    Também quero o que é meu de direito!! E o mais rápido possível!!

    ResponderExcluir
  3. Oi cris, venho aqui todos os dias, só não costumo postar. Não consigo dormir antes de passar a qui e no Euler, além de nos mantermos imformarmos podemos até dar umas boas risadas de seres como a "gorgonzola" e a "Mu-ha". Sou professora de português, Mu-ha seria reprovada; Escalonar? tsc tsc, ela não possui a habilidade mínima expressa pelo descritor D7(para o ciclo inicial) - identificar o conceito da palavra -, muito menos o D2 (para o fundamental II) que é identificar uma imformação EXPLÍCITA no texto:
    "1. Perda parcial do objeto desta ação direta de inconstitucionalidade, na medida em que o cronograma de aplicação escalonada do piso de vencimento dos professores da educação básica se exauriu (arts. 3º e 8º da Lei 11.738/2008). "
    EXAURIU!!!!!!!!
    burrinha burrinha, ops! desprovida de competências....
    Ah conversa pra boi dormir, quer nos engabelar, mas vai quebar a cara de novo! Escalonar só se for o retroativo, porque como você bem disse, ao contrário do governo, nos preocupamos com os nossos alunos, aliás, só nós memsos, porque infelizmente nem governo nem a maioria dos pais cumprem o seu papel.
    Grande abraço1
    Débora
    Escalonar

    ResponderExcluir
  4. Com certeza, é uma piada enorme! Piada maior ainda será o sindicato aceitar isso! Aí sim vai causar a revolta dos educadores de minas! Greve de mais de 80 dias para PISO ESCALONADO????????NINGUÉM MERECE!!!!!!!SÓ OS MILITARES MESMO!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Educadora de Contagem27 de agosto de 2011 08:17

    Cris,
    Concordo e assino embaixo de tudo que você escreveu.O governo têm que nos pagar tudo que ele nos deve. Não aceito pagamento de forma escalonada, aliás nenhum servidor aceita mais essa embromação por parte de nosso governante.
    Quero tudo que é meu, somente meu, e ainda acrescidos de juros. O mês corrente estou passando por dificuldades, minha despensa quase vazia, mas um coração cheio de ansiedade e esperança num futuro bem melhor e também com o coração renovado de energia, pois com a conquista do PISO saberemos que somos mais respeitados por toda a sociedade.
    Um grande abraço!!!
    Educadora de Contagem

    ResponderExcluir
  6. Escalonado só se for a parte retroatiava a partir de 01 de janeiro de 2010 que pode ser dividida até 12 vezes(sugestão).
    João Marcos

    ResponderExcluir
  7. Cris, sinceramente com essa porra de país que temos, acho que continuaremos com a greve. O monisterio publico estadual vai adiantar essa fiscalização e ainda, o procurador geral Alceu José Torres vai enrolar semanas e semana. Acho que a nossa manifestação de quarta-feira deve tem a impressa televisivel ( Fantastico). Vamos tentar esse contato

    ResponderExcluir