quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Apelo ao governador Antônio Anastásia







As imagens acima foram feitas durante a manifestação de estudantes e pais em Vespasiano e foram enviadas pela combativa colega Adriana



Veja como a greve está mexendo com todo mundo:

Mãe de professora em greve e com cinco netos em escola pública, vendo o sofrimento dos seus e sofrendo junto com eles, deixa sua alma falar através deste poema.


Apelo ao governador Antônio Anastásia


Ouvimos em BH o grito dos excluídos, que grita por casa, terra e salário justo para a sua sobrevivência.


Em resposta, o Sr. Governador, que quer a todos enganar, colocando *'remendo novo em roupa velha e vinho novo em odres velho’ sem se importar com o risco que se corre do remendo novo não ficar bem e o vinho novo explodir e entornar.


O governador quer que os professores experientes e cansados de lutar, abandone os seus barcos, enterre os seus talentos e deixe de cantar:


Oh Minas Gerais, Oh Minas Gerais quem te conhece não te reconhecerá, pois na sua história, com esse governador, sempre haverá professores humilhados, desgastados física e mentalmente, que tem que se revoltar com os descasos das autoridades que não querem saber onde esta greve vai dar!


O governador não se importa se amanhã, no fim de seu mandato, em Minas ecoar o grito dos excluídos que estarão a chorar, afastados de seus cargos, enterrando os seus talentos, sem forças para lutar!


E agora governador, você vai encarar e assumir as consequências deste remendo novo em roupa velha, quando essas roupas acabar de rasgar e todos os professores no hospício forem parar?


- Desabafo de Alice José dos Santos: avó de cinco estudantes de escolas estaduais e mãe de uma professora em greve.


* Bíblia sagrada. Lucas 5: 33-39


OBS: D. Aline José dos Santos é mãe da professora e guerreira Cláudia Luíza de Almeida da E.E.Padre José Senabre em Vespasiano e Diretora da Subsede de Vespasiano e São José da Lapa.



Comentários:

Cristina Costa disse...

Não tem como não se emocionar ao ler este poema!!
Sente-se que foi escrito com a alma, com o coração amargurado e sofrido.

Minha mãe chorou na hora em que li para ela este poema e comentou mais ou menos assim: é isto mesmo toda mãe está sofrendo muito juntos com seus filhos professores e seus netos.O governo não podia está fazendo isto com vocês.Ele não sabe o quanto foi difícil educar vocês e vocês se formarem.



Cristina Costa disse...

Neste presente momento alunos de das escolas públicas de Vespasiano fazem Manifestação no centro da cidade em apoio aos trabalhadores de educação em greve há quase 100 dias pelo cumprimento da Lei 11738/08. Segundo Cláudia Luíza, agora eles estão saindo em passeada.

Infelizmente o que falta é vontade por parte do governo em acabar com esta greve. Seria muito simples, era só aplicar o que determina a lei! Todos já sabem que a mesma foi julgada constitucional, mas o governo quer ser o dono do mundo...

Cristina Costa disse...

...Enquanto isto, nós continuamos com nossa luta e nossas mobilizações!!!

O governo está apostando na fraqueza do nosso movimento, mas ele nem imagina que quanto mais ele bate mais energia Deus nos dá!!!

Isabel Assumpção - Manhuaçu disse...


Cris e demais combatentes,
além de emocionante ver como as pessoas estão sensibilizadas com nossa situação é reconfortante o entendimento que a sociedade começa a ter a respeito desta luta que já não é somente pelo piso, é por dignidade, pelo mínimo de respeito ao povo que trabalha e realmente faz o estado crescer... este grito dos excluídos está nas gargantas de todo o Brasil e o luto no coração de todos que realmente têm a grandeza de entender tudo o que estamos passando. Infelizmente temos pessoas que compõem nossa classe que ainda não entenderam esta luta. Um grande abraço e que Deus continue nos abençoando e fortalecendo. Até a vitória!!!
Isabel

Ministro da Educação vai contribuir com negociações sobre greve dos professores


Subcomissão vai acompanhar implantação do piso salarial dos professores nos estados


13:28 - Comissão de Educação cria grupo para acompanhar implantação do piso salarial dos professores em todo o país (01'45")

Justiça derruba ação do MP contra Sind-UTE/MG

Greve de professores da rede pública de MG já dura quase cem dias

Anônimo disse...

A atitude intransigente do Governador mostra que ele, além de não respeitar as Leis, toda uma categoria profissional, não respeita a sociedade mineira, pois esta, está apoiando o movimento e compreendendo que estamos corretos em nossas reivindicações.
O senhor governador está deslumbrado com o poder e sonha em implantar aque a ditadura anastasia. É o mínimo que se pode pensar, quando o representante do Executivo resolve descumprir Leis constitucionais e mudar Leis estaduais já existentes, porque a escolha dos profissionais da Educação (proposta por ele) não lhe agradou.
A greve tem de ser levada às últimas consequências, em nome da Educação e da Democracia.

Anônimo disse...

A Isabel Assumpção de Manhuaçu graduou-se na Fafile/Carangola em 1994? Então fomos colegas de turma!
É um prazer saber que ela se transformou também em valente guerreira pela causa da Educação.
Abraços.
Lenir

Anônimo disse...

Cris,
Aqui em Ipatinga, uma mãe de aluno usou o microfone na Câmara de vereadores durante um protesto dos professores e o depoimento dela sensibilizou muita gente, colocaram no youtube, ela ajudou demais o movimento aqui, ela é catadora de papel nas ruas.
Porque vocês não fazem o mesmo? Chamem essas mães engajadas e coloquem-nas pra falar na Assembléia Legislativa(não sei se pode como na Câmara de vereadores), mas, se não puder, que elas falem na Assembléia Geral e gravem, coloquem no youtube, mandem para os deputados, enfim divulguem ao máximo.
Essa senhora daqui de Ipatinga, na época disse que iria aí em BH ajudá-los caso quizessem, então o SINDUTE daqui pode entrar em contato com ela, caso queiram, ela é muito humilde, mas, fala bem demais.
Espero ter ajudado.
Renata

GraçaNog disse...

Acabo de ler no portal Uai:

Governo vai contratar mais 12 mil professores para substituir grevistas

No dia em que a nossa greve foi considerada LEGAL, o governador Anastasia dá mais uma mostra do que é capaz. Louco, insensato, projeto de ditador!!!
Leia:
http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/09/14/interna_gerais,250716/governo-vai-contratar-mais-12-mil-professores-para-substituir-grevistas.shtml

João Paulo Ferreira de Assis disse...

Prezada amiga e companheira de luta Professora Cristina

Primeiramente vou dizer da minha inveja dos bravos colegas que ficaram no Pirulito da Praça Sete, e que tão bem reportados foram pelo Professor Gleiferson. Vi lá o Professor João Martinho. Que inveja. Como eu gostaria de ter estado lá. Se for possível, queria a lista desses heróis e heroínas para que a gente sempre se lembre deles. Estes sim, são os verdadeiros heróis.

Que notícia auspiciosa! Parece finalmente que a sorte está se voltando a nosso favor. Que beleza! Há juízes em Belo Horizonte!

E agora, com a sua devida vênia, um comentário que acabei de postar no blog do Euler:

Prezado amigo Professor Euler

Hoje estive em Barbacena com o Dr.Alex Guedes dos Anjos, brilhante advogado no Foro da Altiva Princesa dos Campos. Perguntei sobre o reclamo constitucional, não sem antes me referir aos embargos declaratórios e à resposta que foi dada a um questionamento ao STF, que para vincular (ou seja, tornar obrigatório o cumprimento) primeiro é preciso esgotar as instâncias recursais. Só quando não houver mais recurso possível, a SENTENÇA TRANSITARÁ EM JULGADO. Logo, o reclamo constitucional só poderá ser proposto depois do esgotamento de todas as instâncias recursais. Creio que isto não demorará.
Por isso peço aos colegas, que estão muitos deles preocupados, que deem tempo ao tempo. O processo civil é cheio de minúcias, prazos, e outras miudezas. Os advogados do Sindicato sabem muito bem disso. Se eles ainda não ingressaram com o reclamo constitucional é porque as instâncias recursais não foram esgotadas ainda. O Ministro Joaquim Barbosa está examinando os embargos declaratórios dos Estados proponentes da ADIN 4167.

Ah! uma novidade: posto que muito tardiamente, reconheço que já deveria tê-lo feito antes, eu preenchi minha ficha de filiação ao Sindute. E convido os prezados colegas e companheiros de luta a fazer o mesmo. SENÃO VEJAMOS: Se você é advogado, tem de pagar a dispendiosa anuidade da OAB. Se você é médico OU engenheiro, tem de pagar respectivamente ao CRM e ao CREA. Porque não podemos ter uma entidade representativa para nós? SINDICALIZEMO-NOS. Vejam a APEOESP, em São Paulo. Ela é poderosíssima. Os tucanos enfim perceberam que a APEOESP na oposição era um fator desestabilizador dos seus governos em São Paulo. Se o Sindute se tornar importante como a APEOESP, podem saber que muitas vitórias virão.

Saudações e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

João Paulo Ferreira de Assis.


Anônimo disse...

Cris,
Acabei de ver a reportagem do HERÓDOTO na Record News, ele falou sobre nossa greve e fez uma crítica ao governo, dizendo que é um absurdo os professores terem que lutar por um salário de 1187,00.
Ele deixou o site do jornal pra quem quiser mandar recados, DEVEMOS USAR esse canal IMEDIATAMENTE!!!!!!!!!!!!!
Não consegui pegar o site, mas, podemos olhar no google.
VAMOS LÁ!!!!!!!!!

Cristina Costa disse...

Anônimo(22:19), qual é o endereço eletrônico da Record News????

15 comentários:

  1. Não tem como não se emocionar ao ler este poema!!
    Sente-se que foi escrito com a alma, com o coração amargurado e sofrido.

    Minha mãe chorou na hora em que li para ela este poema e completou mais ou menos assim: é isto mesmo toda mãe está sofrendo muito juntos com seus filhos professores e seus netos.O governo não podia está fazendo isto com vocês.Ele não sabe o quanto foi difícil educar vocês e vocês se formarem.

    ResponderExcluir
  2. Neste presente momento alunos de das escolas públicas de Vespasiano fazem Manifestação no centro da cidade em apoio aos trabalhadores de educação em greve há quase 100 dias pelo cumprimento da Lei 11738/08. Segundo Cláudia Luíza, agora eles estão saindo em passeada.

    Infelizmente o que falta é vontade por parte do governo em acabar com esta greve. Seria muito simples, era só aplicar o que determina a lei! Todos já sabem que a mesma foi julgada constitucional, mas o governo quer ser o dono do mundo...

    ResponderExcluir
  3. ...Enquanto isto, nós continuamos com nossa luta e nossas mobilizações!!!

    O governo está apostando na fraqueza do nosso movimento, mas ele nem imagina que quanto mais ele bate mais energia Deus nos dá!!!

    ResponderExcluir
  4. Isabel Assumpção - Manhuaçu14 de setembro de 2011 09:15

    Cris e demais combatentes,
    além de emocionante ver como as pessoas estão sensibilizadas com nossa situação é reconfortante o entendimento que a sociedade começa a ter a respeito desta luta que já não é somente pelo piso, é por dignidade, pelo mínimo de respeito ao povo que trabalha e realmente faz o estado crescer... este grito dos excluídos está nas gargantas de todo o Brasil e o luto no coração de todos que realmente têm a grandeza de entender tudo o que estamos passando. Infelizmente temos pessoas que compõem nossa classe que ainda não entenderam esta luta. Um grande abraço e que Deus continue nos abençoando e fortalecendo. Até a vitória!!!
    Isabel

    ResponderExcluir
  5. A atitude intransigente do Governador mostra que ele, além de não respeitar as Leis, toda uma categoria profissional, não respeita a sociedade mineira, pois esta, está apoiando o movimento e compreendendo que estamos corretos em nossas reivindicações.
    O senhor governador está deslumbrado com o poder e sonha em implantar aque a ditadura anastasia. É o mínimo que se pode pensar, quando o representante do Executivo resolve descumprir Leis constitucionais e mudar Leis estaduais já existentes, porque a escolha dos profissionais da Educação (proposta por ele) não lhe agradou.
    A greve tem de ser levada às últimas consequências, em nome da Educação e da Democracia.

    ResponderExcluir
  6. A Isabel Assumpção de Manhuaçu graduou-se na Fafile/Carangola em 1994? Então fomos colegas de turma!
    É um prazer saber que ela se transformou também em valente guerreira pela causa da Educação.
    Abraços.
    Lenir

    ResponderExcluir
  7. Cris,
    Aqui em Ipatinga, uma mãe de aluno usou o microfone na Câmara de vereadores durante um protesto dos professores e o depoimento dela sensibilizou muita gente, colocaram no youtube, ela ajudou demais o movimento aqui, ela é catadora de papel nas ruas.
    Porque vocês não fazem o mesmo? Chamem essas mães engajadas e coloquem-nas pra falar na Assembléia Legislativa(não sei se pode como na Câmara de vereadores), mas, se não puder, que elas falem na Assembléia Geral e gravem, coloquem no youtube, mandem para os deputados, enfim divulguem ao máximo.
    Essa senhora daqui de Ipatinga, na época disse que iria aí em BH ajudá-los caso quizessem, então o SINDUTE daqui pode entrar em contato com ela, caso queiram, ela é muito humilde, mas, fala bem demais.
    Espero ter ajudado.
    Renata

    ResponderExcluir
  8. Acabo de ler no portal Uai:

    Governo vai contratar mais 12 mil professores para substituir grevistas

    No dia em que a nossa greve foi considerada LEGAL, o governador Anastasia dá mais uma mostra do que é capaz. Louco, insensato, projeto de ditador!!!
    Leia:
    http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/09/14/interna_gerais,250716/governo-vai-contratar-mais-12-mil-professores-para-substituir-grevistas.shtml

    ResponderExcluir
  9. João Paulo Ferreira de Assis14 de setembro de 2011 21:35

    Prezada amiga e companheira de luta Professora Cristina

    Primeiramente vou dizer da minha inveja dos bravos colegas que ficaram no Pirulito da Praça Sete, e que tão bem reportados foram pelo Professor Gleiferson. Vi lá o Professor João Martinho. Que inveja. Como eu gostaria de ter estado lá. Se for possível, queria a lista desses heróis e heroínas para que a gente sempre se lembre deles. Estes sim, são os verdadeiros heróis.

    Que notícia auspiciosa! Parece finalmente que a sorte está se voltando a nosso favor. Que beleza! Há juízes em Belo Horizonte!

    E agora, com a sua devida vênia, um comentário que acabei de postar no blog do Euler:

    Prezado amigo Professor Euler

    Hoje estive em Barbacena com o Dr.Alex Guedes dos Anjos, brilhante advogado no Foro da Altiva Princesa dos Campos. Perguntei sobre o reclamo constitucional, não sem antes me referir aos embargos declaratórios e à resposta que foi dada a um questionamento ao STF, que para vincular (ou seja, tornar obrigatório o cumprimento) primeiro é preciso esgotar as instâncias recursais. Só quando não houver mais recurso possível, a SENTENÇA TRANSITARÁ EM JULGADO. Logo, o reclamo constitucional só poderá ser proposto depois do esgotamento de todas as instâncias recursais. Creio que isto não demorará.
    Por isso peço aos colegas, que estão muitos deles preocupados, que deem tempo ao tempo. O processo civil é cheio de minúcias, prazos, e outras miudezas. Os advogados do Sindicato sabem muito bem disso. Se eles ainda não ingressaram com o reclamo constitucional é porque as instâncias recursais não foram esgotadas ainda. O Ministro Joaquim Barbosa está examinando os embargos declaratórios dos Estados proponentes da ADIN 4167.

    Ah! uma novidade: posto que muito tardiamente, reconheço que já deveria tê-lo feito antes, eu preenchi minha ficha de filiação ao Sindute. E convido os prezados colegas e companheiros de luta a fazer o mesmo. SENÃO VEJAMOS: Se você é advogado, tem de pagar a dispendiosa anuidade da OAB. Se você é médico OU engenheiro, tem de pagar respectivamente ao CRM e ao CREA. Porque não podemos ter uma entidade representativa para nós? SINDICALIZEMO-NOS. Vejam a APEOESP, em São Paulo. Ela é poderosíssima. Os tucanos enfim perceberam que a APEOESP na oposição era um fator desestabilizador dos seus governos em São Paulo. Se o Sindute se tornar importante como a APEOESP, podem saber que muitas vitórias virão.

    Saudações e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  10. Cris,
    Acabei de ver a reportagem do HERÓDOTO na Record News, ele falou sobre nossa greve e fez uma crítica ao governo, dizendo que é um absurdo os professores terem que lutar por um salário de 1187,00.
    Ele deixou o site do jornal pra quem quiser mandar recados, DEVEMOS USAR esse canal IMEDIATAMENTE!!!!!!!!!!!!!
    Não consegui pegar o site, mas, podemos olhar no google.
    VAMOS LÁ!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Anônimo(22:19), qual é o endereço eletrônico da Record News????

    ResponderExcluir
  12. Cris,
    Segue o endereço do blog do Heródoto da Record News: http://noticias.r7.com/blogs/herodoto-barbeiro/

    Tem um espaço pra comentários e a matéria de ontem tá lá, fale e peça à ele pra ler seu comentário ao vivo, ele lê e opina é ótimo, eu assisti ontem.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Caros professores, não fiquem desanimados porque o TJMG considerou a greve ilegal. Isto não quer dizer que vocês perderam a batalha. O governo está usando de todos os artfíceis possíveis para não cumprir a lei do Piso, mas isto não vai acontecer. A obrigação de respeitar as leis é para todos, independe do cidadão ser comum ou não. Se acontecer que os professores tiver que voltar sem o Piso, todos deverão unir no sentido de não repor as aulas perdidas, assim o ano letivo só vai terminar no meio do ano de 2012. Isto o governo não terá recursos para obrigá-los a repor.Viu, outra arma que poderá ser usada?
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  14. e esta serto porque ele disse que pobre nao precisa estudar vamos ver se ele numca estudou ne?e disse que vamos a escola para comer manda le prestar atençao

    ResponderExcluir
  15. E uma vergonha imensa pra nos mineiros de coração aquentar essa turma de PSDB que so sabe falar na hora da politica que vai fazer muito por minas mas na hora certa que peçisa eles cai fora. fora PSDB

    ResponderExcluir