quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Comissão de negociação se reúne na Assembleia para discutir propostas para a Educação

Nessa quinta-feira, 29/09, no salão nobre da Assembleia Legislativa, foi formada a Comissão tripartite que irá analisar o projeto do Governo sobre a nova remuneração dos profissionais de Educação de Minas Gerais. O líder do PMDB, deputado Antônio Júlio, assumiu a coordenação do colegiado, formado pelos deputados Rogério Correia (PT), Pompílio Canavez (PT), Adalclever Lopes (PMDB), João Leite (PSDB), Sebastião Costa (PPS), Duarte Bechir (PMN) e Cássio Soares (PRTB), além de representantes do Sind-UTE/MG e do governo.

Durante a reunião, a coordenadora-geral do Sind-UTE, Beatriz Cerqueira, apresentou os pontos para negociação do projeto e informou que na próxima reunião terá início o debate com os técnicos do governo. “Vamos tratar essa questão com serenidade, sem bandeiras partidárias. Acho que não teremos dificuldades para chegar a um acordo. Já na próxima reunião, iremos discutir os temas apresentados pelo sindicato com a presença dos indicados do Governo. Vamos fazer o possível para agilizar ao máximo a questão, pois o projeto já está na Assembleia”, explicou o deputado Antônio Júlio.

Entre os pontos apresentados pelo sindicato, estão a recomposição dos salários cortados, a suspensão dos próximos cortes, a revisão de punições e, principalmente, o pagamento do piso federal de acordo com a carreira. A ata com a reivindicação dos professores será encaminhada ao governador Antônio Anastasia. A próxima reunião da comissão acontece na segunda-feira, 3/10, às 15 horas, no salão do 23° andar do Edifício Tiradentes, com a presença de representantes das secretarias de Governo, de Planejamento e de Educação.



Fonte: http://www.rogeriocorreia.com.br/profiles/blogs/comissao-de-negociacao-se-reune-pela-primeira-vez-na-assembleia-p




comentários:

Anônimo disse...

É preciso estarmos atentos para que, na calada da noite(?), não venha o inimigo tentar nos ludibriar como em 2010.
Que Deus ilumine aqueles que reconhecem nossos direitos e lhes dê forças para lutar pela dignidade de nossa profissão.
Abraços a todos os colegas que estiveram na luta e ainda têm força para retomá-la caso seja necessário.

Ver de Vida disse...

Professora Cristina

Biólogo e Professor, divulgo o Ver de Vida, dedicado à causa ambiental e humanística. O objetivo maior é auxiliar a pesquisa estudantil.

Comentários:

Anônimo disse...

É preciso estarmos atentos para que, na calada da noite(?), não venha o inimigo tentar nos ludibriar como em 2010.
Que Deus ilumine aqueles que reconhecem nossos direitos e lhes dê forças para lutar pela dignidade de nossa profissão.
Abraços a todos os colegas que estiveram na luta e ainda têm força para retomá-la caso seja necessário.

Ver de Vida disse...

Professora Cristina

Biólogo e Professor, divulgo o Ver de Vida, dedicado à causa ambiental e humanística. O objetivo maior é auxiliar a pesquisa estudantil.

http://vervida.blogspot.com/



Felicidade em sua jornada.

Anônimo disse...

Colegas de luta,tô com ódio desse enrola enrola!


Felicidade em sua jornada.

Anônimo disse...

Colegas de luta,tô com ódio desse enrola enrola!

4 comentários:

  1. É preciso estarmos atentos para que, na calada da noite(?), não venha o inimigo tentar nos ludibriar como em 2010.
    Que Deus ilumine aqueles que reconhecem nossos direitos e lhes dê forças para lutar pela dignidade de nossa profissão.
    Abraços a todos os colegas que estiveram na luta e ainda têm força para retomá-la caso seja necessário.

    ResponderExcluir
  2. Professora Cristina

    Biólogo e Professor, divulgo o Ver de Vida, dedicado à causa ambiental e humanística. O objetivo maior é auxiliar a pesquisa estudantil.

    http://vervida.blogspot.com

    Felicidade em sua jornada.

    ResponderExcluir
  3. Colegas de luta,tô com ódio desse enrola enrola!

    ResponderExcluir
  4. Vilma Luiza, de Montes Claros2 de outubro de 2011 18:36

    Oi, Cris! Oi,pessoal!Pelo jeito foram escolhidos a dedo os deputados da base aliada para compor a comissão, só bomba! Pois bem,façamos uma campanha: vamos passar nas nossas turmas (ou talvez para alguns alunos) seus endereços eletrônicos e telefones, e pedir que eles e seus pais nos ajudem a cobrar desses deputados o respeito aos educadores e o pagamento do piso. Também estou pedindo que pais e alunos cobrem na SRE o cumprimento do acordo por parte do governo, para que não haja nova greve. Poucos alunos de cada escola que fizerem isso somarão uma grande ajuda.
    Permaneçamos juntos, nossa vitória não tarda! Um abraço carinhoso.

    ResponderExcluir